Celebridades
Descrição de chapéu Folhajus

Gabby Petito: Polícia confirma que corpo achado nos EUA é da influenciadora

Jovem estava desaparecida desde 11 de setembro; causa preliminar é considerada homicídio

Influenciadora digital Gabby Petito
Influenciadora digital Gabby Petito - Instagram/gabspetito
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Uma autópsia confirmou nesta terça-feira (21) que o corpo encontrado em um parque nacional do Wyoming, nos Estados Unidos, é da influenciadora digital Gabrielle Petito, 22, segundo o Washington Post. O desaparecimento da jovem desde 11 de setembro comoveu o país.

O corpo da influenciadora, conhecida como Gabby Petito, foi encontrado domingo (19) em uma área remota da Floresta Nacional Bridger-Teton, no oeste de Wyoming, e levado para autópsia no condado de Teton. A causa preliminar da morte foi considerada homicídio, segundo o FBI.

Autoridades dos EUA haviam iniciado uma ampla operação de busca para achar Petito, desaparecida durante uma viagem de van pelo país com seu noivo, Brian Laundrie, 23. A investigação da morte de Petito é comandada pelo FBI, que procura o noivo da influenciadora.

O governador da Flórida Ron DeSantis disse que oficiais da Comissão de Pesca e Vida Selvagem da Flórida estão ajudando os investigadores a vasculhar a área selvagem da Reserva Carlton perto de North Port, Flórida.

“Eu instruí todas as agências estaduais sob minha supervisão para continuarem a ajudar as autoridades locais e federais enquanto buscam”, disse DeSantis, ao Washington Post, na terça-feira. “Precisamos de justiça para Gabby Petito.”

Laundrie é considerada “uma pessoa de interesse” no caso. Ele não foi acusado de nenhum crime, mas se recusou a cooperar com os investigadores dias depois que a família de Petito relatou seu desaparecimento.

"Gostaria de prestar minhas sinceras condolências à família de Gabby", disse o agente do FBI Charles Jones ao jornal The New York Times. "Como todo pai pode imaginar, este é um momento muito difícil para a família e os amigos."

A família de Laundrie disse que não o via desde 14 de setembro. Seus pais disseram às autoridades que Laundrie afirmou há uma semana que planejava caminhar sozinho na reserva pantanosa.

A busca por Laundrie foi inicialmente suspensa na segunda (20), depois que as autoridades terminaram todas as buscas no local, de acordo com o porta-voz da Polícia de North Port, Josh Taylor.

A mudança coincidiu com a chegada do FBI à casa da família de Laundrie em North Port na manhã de segunda como parte do “mandado de busca e apreensão autorizado pelo tribunal” de Justiça, ainda segundo o Washington Post. Agentes do FBI foram vistos removendo caixas de itens de casa.

Os pais de Laundrie foram vistos por equipes de notícias locais sendo escoltados para fora do imóvel por um breve período enquanto os agentes faziam as buscas.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem