Celebridades

Mulher de MC Kevin briga com suposta amante do cantor na delegacia

Deolane Bezerra ficou cerca de nove horas prestando depoimento

Mc Kevin com a esposa, a advogada Deolane Bezerra - Instagram/mckevin
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Rio de Janeiro

A Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga as circunstâncias que levaram à morte do funkeiro MC Kevin, 23, na noite de domingo (16), após ele cair do quinto andar de um hotel na Barra da Tijuca (zona oeste). O funkeiro chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado ao Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea (zona sul), mas não resistiu e morreu.

O caso é investigado pela 16ª Delegacia de Polícia do Rio, na Barra da Tijuca (zona oeste). Amigos do funkeiro e a viúva, a advogada Deolane Bezerra, prestaram depoimento na tarde desta segunda (17). Deolane chegou às 11h e saiu às 20h, chorando e sem falar com a imprensa.

Durante o período em que ficou na delegacia, ela chegou a brigar com uma suposta amante do cantor, identificada como Bianca Dominguez, 26. A mulher também foi ouvida pela polícia para dar esclarecimentos sobre o caso.

O caso de MC Kevin ainda está sendo investigado, mas uma das linhas apuradas pela polícia é que ele teria bebido antes de pular da sacada do hotel para mergulhar na piscina do estabelecimento. Na queda, no entanto, ele teria batido a cabeça na borda.

Uma outra versão aponta que o funkeiro queria, na verdade, saltar de uma sacada para outra do hotel para que sua esposa, Deolane Bezerra, não o flagrasse com outras mulheres no quarto em que um casal de amigos estava hospedado.

De acordo com a polícia, as equipes da 16ª DP também realizaram diligências na piscina e no quarto onde Kevin ficou hospedado com o objetivo de esclarecer os fatos. Segundo informações do jornal O Globo, o laudo de necropsia apontou morte por traumatismo craniano por ação contundente.

Durante a manhã, houve um princípio de confusão na delegacia entre o padrasto —que foi à unidade acompanhado da mãe de MC Kevin, Valquíria Nascimento— e amigos do cantor. Também nesta segunda, investigadores fizeram uma perícia na piscina e no quarto do Hotel Brisa, na orla, de onde o funkeiro caiu.

A mãe de MC Kevin, Valquíria Nascimento, esteve no IML (Instituto Médico Legal) pela manhã para liberar o corpo do filho. "Falei com ele ontem às 5 horas tarde, estava tudo bem. A última coisa que ele falou para mim era o que ele falava todo dia, que me amava", disse aos repórteres na porta do IML.

O perfil do cantor no Instagram divulgou que o velório, aberto ao público, está marcado para a madrugada de segunda para terça (18), das 4h às 8h, na quadra da escola de samba Unidos de Vila Maria, no Parque Novo Mundo (zona norte). Não foram divulgadas informações sobre sepultamento.​

Com 9,2 milhões de seguidores no Instagram e quase 2 milhões de ouvintes mensais no Spotify, MC Kevin publicou em seu stories na noite de sábado (15) um vídeo no hotel, acompanhado da mulher. "E aí, família, suave, como que vocês estão? Estou aqui na Barra, partiu show", disse o cantor.

Segundo o site da produtora KondZilla, que fez clipes de Kevin, ele estava no Rio de Janeiro acompanhado de MC Bruninho da Praia e MC FK para um show feito no sábado (15) em uma balada chamada Baile do Imperador, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio.

Amigos e familiares foram ao hospital assim que receberam informações sobre o acidente. O clima era de comoção. Deolade Bezerra, com quem o artista havia se casado em abril, no México, e que estava com ele no hotel, já havia prestado depoimento durante a madrugada na 16ª DP. A polícia também ouviu amigos do músico e funcionários do hotel.

Nascido em São Paulo, MC Kevin é uma das vozes de "Vergonha Pra Mídia", música do MC Salvador da Rima com letra que se tornou sucesso. Valquiria Nascimento, a mãe do cantor, se despediu do filho com uma postagem nas redes sociais em que declarou ter perdido um pedaço dela mesma.

Segundo Valquíria, as últimas palavras do filho para ela foram "mãe, eu te amo". Ela retribuiu a declaração dizendo que também amava o filho até o último dia de sua vida. A esposa de MC Kevin afirmou que ele será para sempre o amor de sua vida: "Eu sempre vou te amar."

Vários famosos lamentaram a morte e relembraram momentos ao lado de Kevin. Entre eles está o jogador Neymar, que era um ídolo para MC Kevin. "Tínhamos combinado de nos conhecer agora nas minhas férias, mas infelizmente não poderemos. Tenho certeza que ainda te abraçarei e te agradecerei por confiar em mim, na pessoa que eu sou. Vá em paz, menino!", afirmou.

A morte de MC Kevin teve repercussão internacional. O ator e roteirista Marlon Wayans, do filme "As Branquelas" (2004), lamentou o ocorrido. " Uma alma tão doce e pura", escreveu no Instagram. "Com quem vou festejar agora quando for para o Brasil?".

Fachada do hotel em que MC Kevin estava hospedado - Divulgação

MÚSICAS

O primeiro sucesso de MC Kevin no funk foi "Prepara Novinha", parceria com MC Pedrinho, de 2014. Já sua colaboração com o MC Davi em "Pra Inveja É Tchau", canção que aborda sobre quem não se preocupa com a própria vida e quer cuidar da dos outros, rendeu mais de 220 milhões de visualizações.

Entre os outros hits dele estão "Cavalo de Troia" —canção segue o ritmo dançante e passa a mensagem de que sonhos não têm limites—, "Ressaca", "Terapia" e "Piscina Diamantes". Já “Vergonha pra Mídia", com participação de outros MCs, flerta com o trap, um rap com som mais melódico que o artista se aproximava mais recentemente.

O artista já lançou músicas com artistas como MC Guimê e Igu. Um exemplo é “Paparazzi”, há cerca de um ano, com 141 milhões de visitas no site. Lançada há três anos, a música “O Menino Encantou a Quebrada” versa sobre os momentos de vida na favela. Kevin havia lançado em 2021 o álbum “Fênix”.

A última faixa lançada por MC Kevin é "Favelado Vencedor", cujo clipe foi publicado no YouTube há menos de uma semana e já chegava, na noite deste domingo (16), a 500 mil visualizações. Ele canta sobre superar dificuldades através da música, em vez de seguir o caminho das drogas. "Obrigado, meu Deus, a favela venceu", diz a letra.

Há um mês, MC Kevin havia lançado "Minha Última Música", cuja letra trata de alguém que trocou o crime pela música e que "vê o melhor da vida sempre andando para frente". Em um trecho, a canção fala sobre "parar", "dar um tempo" para repensar a vida.

"Eu tô cansado de cantar, vou dar um tempo. Eu posso parar. Depois eu volto pro funk. Joga o tapete vermelho pra eu passar. Vou ficar um tempo distante, paz. Na minha vida, eu tô cansado de inveja. Eu vou aproveitar pra gastar meus milhões bem longe. Tô só pedindo um tempo pra minha vida repensar. É hora do descanso do gigante. É que a liberdade, tá f*** a realidade, vê que o mundo tá acabando", diz a letra.

POLÊMICAS

Kevin não era conhecido apenas por seu trabalho artístico, mas também por se envolver em confusões. Em janeiro, ele virou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais após fazer uma série de vídeos no Instagram afirmando que "agora tudo é machismo" e minimizando situações de assédio.

Ele foi muito criticado ao insinuar que a culpa é das mulheres pelos comentários ofensivos masculinos em fotos sensuais. "Fica tudo de bundinha para fora nos stories do Instagram, e é claro que vai ter homem que vai elogiar, sim, porque se vocês fazem isso é para elogiar. Agora não é porque fez um elogio, um bagulho que é machista ou 'Ai, você é ridículo'. Aí não dá", afirmou na época.

Em seguida, ele sugeriu que as mulheres postem imagens na igreja. "Então para de postar fotinho de bumbum para o alto. Começa a postar foto de igreja com Bíblia na mão, com aquelas roupas de freira, faça isso. Agora não vem falar que qualquer homem é machista ", disse.

Já em maio de 2020, no auge da pandemia, Kevin, se envolveu em mais uma polêmica, após furar o isolamento social. Dessa vez, ele trocou farpas com a também funkeira Lady Chokey, que acabou acusando o músico de homofobia e disse que tomaria medidas cabíveis contra ele.

Antes da troca de farpas, Kevin confirmou que teve resultado positivo para Covid-19 e se desculpou por não manter o isolamento social. “Errei, errei mais feio ainda por não ter contido esse meu desejo de liberdade, natural em qualquer jovem da minha idade e expor as pessoas a minha volta”, afirmou.

Em junho de 2019, MC Kevin foi detido por consumo de drogas junto com Hariel Bernardo Ribeiro, o MC Hariel, em um hotel em Belo Horizonte. Na ocasião, as autoridades informaram ao UOL que eles estavam em um quarto de hotel com tabletes de maconha.

Hóspedes teriam sentido forte cheiro da erva e acionaram a polícia. Kevin publicou um vídeo enquanto estava na viatura da polícia a caminho da delegacia, mas apagou de sua conta. Nas imagens, ele aparecia ao lado do amigo dando risada da situação. "Um dia vou ver esse vídeo e cascar o bico", dizia.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem