Celebridades

Filho de jornalista da Globo nasce em ambulância em Londres

Colegas de profissão de Pedro Vedova deram parabéns

Pedro Vedova com filho que nasceu na ambulância
Pedro Vedova com filho que nasceu na ambulância - Instagram/pvedova
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Antonio, segundo filho do correspondente da TV Globo em Londres, Pedro Vedova, 36, não esperou a mãe chegar ao hospital e nasceu em uma ambulância. O jornalista compartilhou no Instagram uma foto com o bebê no colo sentado nos degraus da ambulância.

Ele e a esposa, Gabriela Vidigal, já são pais de uma menina. "Esse levado nasceu na ambulância. Duas semanas atrás, meu menino preferiu o colorido das sirenes em vez do branco do hospital", diz o jornalista.

"O parto normal foi surreal. Minha mulher —pronta, conectada e empoderada— tinha o caos sob controle. No fundo, sabíamos que era só pressa de Antonio de distribuir amor no mundo", acrescentou o papai orgulhoso na legenda da foto nas redes sociais.

Colegas de profissão do jornalista parabenizaram o casal pela chegada do bebê. A apresentadora do Bom Dia Brasil, Ana Paula Araújo, disse que a criança já nasceu contando história. “Já nasceu com história par contar! Parabéns para a família!”, disse.

O correspondente da Globo em Londres, Marcelo Courrege, deu parabéns para o colega. “Que história! Parabéns, meu brother! Antônio já veio ao mundo pronto para papo de pub”, escreveu. O jornalista da GloboNews, André Trigueiro, escreveu: “Seja bem-vindo, belo Antônio! Deus lhe abençoe e proteja sempre”.

Outro colega de profissão, o jornalista Felipe Brisolla, do SporTV, brincou que até ele teria pressa de nascer nessa família e elogiou o NHS (SUS Britânico). “Com essa família linda, eu também teria pressa para chegar logo. Viva o Antônio. (E viva o SUS britânico)”, publicou.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem