Celebridades

Drew Barrymore diz que ator de 'As Patricinhas de Beverly Hills' foi primeiro namorado dela

Breckin Meyer e a atriz se conheceram na escola primária

Drew Barrymore conta que Breckyn Meyer foi primeiro namorado dela
Drew Barrymore conta que Breckyn Meyer foi primeiro namorado dela - Instagram/Reuters
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Drew Barrymore, 46, recebeu Zach Braff e Donald Faison, que vivem, respectivamente, John Dorian e Christopher Turk, na série "Scrubs" em seu talk show, The Drew Barrymore Show, nesta sexta-feira (5). Faison, então, contou como conheceu a atriz, o que a levou a comentar sobre seu primeiro namorado, ainda na época de escola, o também ator, Breckin Meyer.

“Quando me mudei para Los Angeles, Breckin, Paul Rudd e Alicia [Silverstone] me levaram para Jones e nos encontramos com você naquela noite”, disse Faison, se referindo ao elenco de "As Patricinhas de Beverly Hills", longa no qual também atuou. "Eu conheci você através de Breckin e todas as vezes que te vi desde então, eu sempre pensei 'eu conheço Breckin'".

Barrymore então revelou que Meyer foi seu primeiro namorado. "Breckin Meyer, também conhecido como Travis Birkenstock, foi meu primeiro namorado em uma escola primária", disse ela, referindo-se ao nome de seu personagem em "As Patricinhas de Beverly Hills". "Eu amo Breckin", derreteu-se a atriz, pelo agora amigo.

Em setembro de 2020, Barrymore falou à People como foi crescer na indústria do entretenimento. “Comecei quando usava fraldas”, disse ela. "Aos 13 anos, era aquela história triste e soluçante. E então me recuperei. Fui casada, me divorciei, me criei, para melhor ou para pior. Tenho essas duas meninas que são meu universo inteiro. E tudo está lá fora", explicou, se referindo às filha Olive, 8, e Frankie, 6, fruto da relação com o ex-marido Will Kopelman, 42.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem