Celebridades

Bianca Andrade diz que nunca adotaria estratégia para estar em dois programas simultâneos

'Não quero ficar mal com ninguém', diz influenciadora que é processada pela Globo

Bianca Andrade - Instagram/bianca
São Paulo

Bianca Andrade, 25, que está sendo processada pela Globo por quebra de contrato, afirmou que recebeu a notícia com grande surpresa. "Eu nunca adotaria uma estratégia para estar em dois programas ao mesmo tempo, não vejo benefícios, e não sou esse tipo de pessoa", disse a influenciadora, através de nota divulgada por sua assessoria.

Conhecida por "Boca Rosa", Bianca é acusada de entrar no Big Brother Brasil 20 sem avisar que já havia gravado participação em um outro reality show, o Soltos em Floripa (Amazon Prime Video). O valor estipulado na Justiça pela Globo é de R$ 500 mil.

Bianca ressaltou que, na época em que assinou com a Globo, acreditava que os dois contratos não entrariam em conflito. "O contrato com a Amazon foi assinado antes do acordo com a TV Globo. E, na época, pela interpretação da minha equipe pessoal, os dois não conflitavam entre si. Todos sabem que eu vim da internet, e minha equipe era bastante reduzida. Só quando saí do BBB, um programa que amei ter feito, eu percebi que precisava aumentar de tamanho, contratando uma estrutura maior e com profissionais responsáveis por setores jurídico, assessoria de imprensa e empresariamento artístico", disse.

A afirmou ainda que entrou em contato com as duas empresas para esclarecer dúvidas. "Pensei que ambas tivessem compreendido todo contexto", disse ela, ressaltando que cumpriu o contrato da TV Globo em sua integralidade até a final do programa no dia 27 de abril.

"Mas estou totalmente disposta a resolver esse problema. Não quero ficar mal com ninguém e nem deixar que pensem que foi algum tipo de estratégia, isso não tem cabimento. Vou encarar de frente e aprender com isso, como mulheres fortes sempre fazem na vida”.

ENTENDA O CASO

A Globo entrou na Justiça e agora processa a ex-BBB e influenciadora digital Bianca Andrade. O processo foi confirmado à Folha pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, que diz que ele foi ajuizado pela TV Globo por alegar descumprimento contratual por parte da ex-BBB. "Ainda não há qualquer decisão, já que o processo está na fase inicial e foi determinada sua citação para defesa através da apresentação de contestação", diz o TJ.

De acordo com informações do site Notícias da TV, Bianca Andrade omitiu que havia gravado cenas do reality show da Amazon Prime Video Soltos em Floripa. Ela deveria ser exclusividade dos programas da emissora até o final de abril, mas a confirmação de que Bianca seria a apresentadora e comentarista do programa concorrente aconteceu em 5 de março, dez dias após a eliminação dela do BBB 20.

Um dos trechos do documento conseguido pelo Notícias da TV diz que “alguns dias após a eliminação, quando a ré [Bianca] ainda se encontrava obrigada a cumprir obrigações contratuais com a Globo, como a participação em programas, entrevistas, ensaios fotográficos, a autora [Globo] teve ciência acerca de grave violação pela influencer das cláusulas contratuais de exclusividade pactuadas pelas partes”.

Os advogados da Globo alegam em outro trecho do processo que Bianca teria tido dolo em não avisar, ou seja, teria enganado a emissora e não apenas se esquecido deste detalhe. A ação ainda aponta que Bianca teria usado de sua exposição no BBB 20 para triplicar as vendas dos produtos de sua marca própria.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem