Celebridades

Após deixar Globo, Vera Fischer fala em voltar às novelas e cogita virar apresentadora

Atriz encerrou contrato com a emissora no mês passado após 43 anos

Vera Fischer - João Cotta/Globo
São Paulo

Quem imagina de Vera Fischer se abateu com o término de seu contrato com a Globo, está enganado. A atriz de 68 anos falou, em entrevista à CNN, que não deixará de ser atriz e poderá inclusive voltar a fazer novelas. Ela completou ainda afirmando que toparia até mesmo uma oportunidade como apresentadora.

“Essa nova era está mostrando um leque de opções muito grande, então a gente tem que aproveitar, seja no teatro, falando de cinema, mostrando filme. Fazer programa de entrevista não é o meu caso, entrevista não, mas um programa falando de cultura, sobre cinema, teatro, isso eu aceito, eu topo fazer isso”, afirmou ela.

Fischer confirmou o sua saída da Globo no mês passado, após 43 anos de contrato. A dispensa faz parte da nova política de contratação da emissora, que tem preferido os vínculos por obra. Também foram dispensados nesse contexto atores como Miguel Falabella, 63, José de Abreu, 74, e Renato Aragão, 85.

A atriz afirmou na entrevista que é essencialmente do palco, mas nenhuma opção está descartada. Segundo ela, interpretar é algo visceral, que ela precisa manter. “Não quer dizer que farei mais novela, existem várias redes. E hoje em dia tem muitas séries sendo feitas, brasileiras, e eu quero me incluir nisso”.

Apesar de se declarar uma pessoa “jurássica” pela sua falta de familiaridade com as redes sociais e outras tecnologias, Fischer já tem mostrado um pouco de seus dons como apresentadora e comentarista em seu perfil no Instagram. Ela dá dicas de filmes e agora mostra leituras de teatro, apesar de ressaltar que não é especialista.

Empolgada ela diz que está aproveitando pra colocar pra fora coisas que estão surgindo na pandemia. “Isso está me dando força, porque temos que nos adaptar. Eu vou continuar sendo atriz, mas isso vai ser modificado um pouco. Isso está me deixando muito curiosa, mas muito inteira pra ir pra frente.”

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem