Celebridades

Marcelo Tas diz que foi processado por Bolsonaro, que perdeu e lhe deve R$ 2.000

Apresentador afirma que vai doá-lo para ser usado como auxílio emergencial

Marcelo Tas em bate-papo com Datena
Marcelo Tas em bate-papo com Datena - Reprodução/YouTube
São Paulo

Marcelo Tas, 60, contou que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) lhe deve R$ 2.000 após ter tentado processá-lo e perder a ação. A revelação foi feita durante conversa no canal do apresentador José Luiz Datena, 63, no YouTube.

"O presidente já me atacou várias vezes, publicamente, inclusive. Lá na grade [do Palácio da Alvorada, onde o presidente costuma falar com a imprensa e com apoiadores], sempre cita meu nome. E não sei o porquê. E ele já me processou, já tentou me calar, o que acho inadmissível de um político", comentou. "Um político não pode processar comunicadores. Mas, ele me processou e perdeu. Está me devendo R$ 2.000, valor que a justiça o penalizou."

​O apresentador da TV Cultura ainda disse que, caso receba o dinheiro, vai doá-lo para ser usado como auxílio emergencial. "Eu me comprometo com você, Datena, que coloco o montante todo no auxílio emergencial, mas ele me deve", confirmou.

A ação em questão é de 2017, quando tas chamou Bolsonaro de "racista" e "homofóbico" após uma entrevista dada pelo agora presidente naquele ano. Bolsonaro pediu indenização por danos morais, mas perdeu. O processo já transita em julgado, ou seja, ele não pode mais recorrer. O valor é relativo às despesas de Tas com os advogados que o defenderam.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem