Celebridades

'Eu me senti atropelada por um caminhão', diz Glória Maria sobre descoberta de tumor

Em novembro, a jornalista foi submetida a cirurgia que eliminou a lesão do cérebro

Glória Maria fala sobre problema de saúde que teve recentemente - Greg Salibian/Folhapress
São Paulo

Glória Maria, 70, será a convidada de estreia da temporada de 2020 do Conversa com Bial nesta segunda-feira (18). Ela falará pela primeira vez na televisão sobre a descoberta e o tratamento de um tumor no cérebro, em novembro de 2019.

A jornalista diz que sentiu como se tivesse sido atropelada por um caminhão quando descobriu que estava doente. "Lembrei de uma entrevista que fiz com o Minotauro, ele contando que foi atropelado por um caminhão quando criança. E eu me senti exatamente assim: atropelada por um caminhão”, comparou Glória, segundo a coluna de Ancelmo Gois, no jornal O Globo. “Se não fossem as minhas filhas, a história teria sido outra”, completou Glória se referindo à Maria, 11 e Laura, 10.

De acordo com boletim médico divulgado à época, Gloria sentiu-se mal em casa e foi "submetida a exame de ressonância magnética que mostrou lesão expansiva cerebral". Ainda de acordo com o documento, "com a lesão totalmente removida da região, ela passa bem".

Em fevereiro, já na fase final de recuperação da cirurgia, a jornalista usou as redes sociais para comunicar que adiaria sua volta ao Globo Repórter (Globo), que apresenta ao lado de Sandra Annenberg, 51. Na publicação ela explicou que estava ficado bem com a ajuda e o carinho das pessoas e com o tratamento e contou também que a mãe, Edna, havia morrido.

“Hoje começa a nova temporada do Globo Repórter e eu adoraria estar ao lado de Sandra apresentando o programa. Mas pensei muito e achei melhor descansar mais um pouco antes de voltar. Afinal, dá para imaginar o que é enfrentar um desafio de saúde deste tamanho? E além de tudo perdi minha mãe duas semanas atrás”, escreveu.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem