Celebridades

Julia Lemmertz critica Regina Duarte por defender ações de Bolsonaro: 'Onde está sua lucidez?'

'Você defende esse despreparado que pede ao povo para voltar às ruas?', questiona atriz

Julia Lemmertz critica Regina Duarte em post sobre Bolsonaro e pede lucidez - Globo/Reuters
São Paulo

​​Uma publicação da secretária especial da Cultura, Regina Duarte, no​ Instagram, em que ela apoia as ações do presidente Jair Bolsonaro diante da pandemia do novo coronavírus, gerou a indignação da atriz Julia Lemmertz, que foi sua colega na Globo.

"(...) você defende esse despreparado que pede ao povo para voltar às ruas, para que se contaminem e adoeçam também suas famílias que ficaram em casa?? Onde está a sua lucidez, a sua capacidade de discernimento? Isso não tem a ver com política , mas com humanidade , sendo ele responsável por uma nação que ele deveria proteger", escreveu Lemmertz.

O post de Regina apresenta uma foto do presidente com as seguintes frases: "Triste realidade. Bolsonaro enfrenta uma barreira para governar enquanto governos anteriores tiveram liberdade para roubar e saquear o nosso país. Eu apoio Bolsonaro."

O presidente tem feito críticas às ações de isolamento social tomadas por governadores. Nesta sexta-feira, ele afirmou que a sociedade brasileira "não aguenta ficar dois, três meses parada".

"Vai quebrar tudo", declarou o presidente a um grupo de apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília.

INFORMAÇÃO PARCIALMENTE FALSA

O Instagram colocou um aviso em uma publicação de Regina Duarte informando que parte do conteúdo da postagem é falso.

Regina postou há cinco dias uma imagem de Bolsonaro e do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, sobre a liberação da cloroquina para o tratamento da Covid-19. "Liberação da cloroquina/hidroxicloroquina pela Anvisa, já com posologia para tratamento da Covid-19", diz o texto.

O Instagram colocou um aviso dizendo que a informação é parcialmente falsa e afirmou que "a autorização concedida pela Anvisa foi para pesquisa com hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19". Segundo a rede social indica, a informação foi verificada pela AFP América Latina.

Procurada, Regina Duarte, via assessoria de imprensa, afirmou que não vai comentar.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Mais lidas