Celebridades

Dani Calabresa lamenta morte de Zilda Cardoso, a Catifunda: 'Queria ter trabalhado com ela'

Atriz faz sua versão da personagem na Escolinha do Professor Raimundo

Dona Catifunda (Dani Calabresa) - Estevam Avellar/Globo
São Paulo

A atriz Dani Calabresa lamentou a morte da atriz Zilda Cardoso, 83, que foi a criadora da personagem Catifunda. Dani dá a sua versão da personagem na Escolinha do Professor Raimundo.

Pelas redes sociais, lamentou o ocorrido e contou que se sente frustrada por não ter conseguido conhecê-la. “Fico muito honrada e feliz de poder fazer a personagem que amava assistir. Queria ter conhecido e abraçado ela, agradecido pela confiança. Sempre fiz com amor, carinho e respeito”, disse.

Dani disse que cresceu vendo a personagem na TV. “Era minha personagem feminina preferida. Sinto que tenho uma ligação especial, pois sou paulistana, adoro fazer sotaque de quem mora na Mooca, falar de um jeito italiano [igual ela]. Que mulher engraçada e querida. Queria ter trabalhado com ela”, complementou.

Este ano, a Escolinha da Globo homenageou alguns nomes, como Orlando Drummond, que fez um esquete na atração de 2019. Dani imaginava que a verdadeira Catifunda pudesse ter sido chamada também. “Eu teria desmaiado de emoção.”

Outros famosos lamentaram a perda. Dentre eles o ator e comediante Nelson Freitas. "Mais uma para alegrar o céu. Majestosamente homenageando Dona Catifunda", publicou.

Fafy Siqueira também prestou condolências à amiga. “Muito consternada. Eu ainda consegui trabalhar com ela na Escolinha e me dizia coisas maravilhosas. A conheci com dez anos. Foi ela quem abriu os caminhos para as comediantes mulheres.” 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem