Celebridades

Rod Stewart revela que se curou de câncer de próstata e pede: 'Vocês têm que ir ao médico'

Roqueiro contou apenas agora que está curado desde julho do ano passado

Rod Stewart durante apresentação, em 2014
Rod Stewart durante apresentação, em 2014 - Francesco Degasperi/AFP
São Paulo

O astro do rock britânico Rod Stewart, 74, revelou que se curou de um câncer de próstata após tratamento de dois anos, segundo a AFP.

O ex-vocalista do Faces fez, neste fim de semana, a celebração deste momento durante uma campanha de arrecadação de fundos contra a doença em Surrey (sul da Inglaterra), informou a associação Prostate Project. O roqueiro é considerado completamente curado desde julho do ano passado. 

“Dois anos atrás eu fui diagnosticado com câncer de próstata. Estou bem agora, simplesmente porque o descobri cedo. Trabalhei nisso por dois anos e fiquei feliz, e o bom Deus cuidou de mim", afirmou o músico durante o evento, segundo o jornal britânico The Guardian.

Stewart fez questão de ir à público para alertar outros homens sobre a importância do diagnóstico precoce. "Ninguém sabia disso, mas pensei que era hora de contar a todos. Se estou curado agora é só porque cuidei disso cedo. Realizei exames", testemunhou."Caras, vocês realmente precisam ir ao médico", implorou o músico.

É a segunda vez que Stewart faz tratamento para câncer, ainda segundo o The Guardian. Em 2000, ele foi diagnosticado com câncer de tireoide. "Tive medo, me senti vulnerável a um nível que nunca tinha antes", escreveu mais tarde em uma autobiografia, mas o tumor foi rapidamente removido. "Nenhuma quimioterapia foi necessária, o que, por sua vez, significava que não havia risco de eu perder o cabelo", escreveu ele. "E vamos ser sinceros: se estivermos classificando ameaças à sobrevivência da minha carreira, perder meu cabelo seria apenas o segundo a perder minha voz", afirmou ele na época.

O disco mais recente do músico, "Blood Red Roses", foi lançado em setembro de 2018 e alcançou o primeiro lugar no Reino Unido.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem