Celebridades

George Clooney afirma que ser padrinho de Archie Harrison seria uma 'má ideia'

Casal real ainda não anunciou o nome dos padrinhos

George Clooney
George Clooney - Monica Almeida/Reuters
 
São Paulo

O príncipe Harry e sua mulher, Meghan Markle, apresentaram à imprensa seu primeiro filho nesta quarta-feira (8). Dois dias após o nascimento começaram os rumores e as apostas de quem devem ser os padrinhos da criança. O casal Amal e George Clooney estão nessa lista.

No entanto, o ator disse ter certeza de que não receberá esse convite. "Isso seria uma má ideia", disse ele, em entrevista ao programa do Jimmy Kimmel. E explicou: 'Eu não deveria ser [o padrinho]. Eu sou pai de gêmeos e mal consigo fazer isso", brincou. Ele participou do programa de TV para promover o lançamento da série "Catch-22"

Harry e sua mulher, Meghan, anunciaram nesta quarta (8) que Archie Harrison Mountbatten-Windsor foi o nome escolhido para seu primeiro filho, sétimo na linha de sucessão à coroa britânica.

A rainha Elizabeth, 93, e o príncipe Philip, 97, já conheceram o bebê. O novo nenê real é o sétimo na linha de sucessão do trono britânico, atrás de seu avô Charles, de seu tio William, de seus primos George, Charlotte e Louis e de seu pai.

A imprensa britânica especula que a criança tenha nascido em Frogmore Cottage ou em algum local na propriedade onde mora o casal e não no hospital, mas não há confirmação oficial sobre o lugar do nascimento. Meghan já tinha expressado o desejo de ter o bebê em casa.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias