Celebridades

Hillary Clinton exalta família em mensagem para Dia de Ação de Graças no Instagram

Foto antiga ao lado do marido e da filha reforçam casamento de 43 anos

Hillary e Bill Clinton em foto publicada no Instagram para celebrar o Thanksgiving
Hillary e Bill Clinton em foto publicada no Instagram para celebrar o Thanksgiving - Reprodução/Instagram/hillaryclinton

São Paulo

Hillary Clinton, 71, publicou uma foto antiga de família nesta quinta-feira (22) em seu Instagram para celebrar o Dia de Ação de Graças. No retrato, ela está ao lado do marido Bill Clinton, 72, e da filha ainda criança, Chelsea Clinton, que hoje tem 38 anos. O casal está junto há 43 anos. 

Na mensagem, Hillary deseja "Um Feliz Dia de Ação de Graças, da nossa família para a sua". O ex-presidente americano e a ex-senadora e secretária de estado dedicaram a vida inteira à política. Nas últimas eleições presidenciais, Hillary perdeu para Donald Trump. Ao longo desses mais de 40 anos, eles enfrentaram diversas crises pessoais e políticas. Nem traições, nem tragédias familiares abalaram o romance ou a vida familiar dos dois.

Eles se casaram nos anos 1970, época em que Bill Clinton já era governador do Arkansas, e Hillary, sócia de um importante escritório de advocacia. Em 1980, o casal teve sua única filha, Chelsea, a integrante da família que nunca se viu envolvida em polêmicas públicas. O casal, no entanto, enfrentou muitas delas.

O meio-irmão de Bill, Roger, passou 18 meses preso por porte de cocaína na década de 1980 e o governador não interferiu para ajudá-lo. Em 1993, Clinton foi eleito presidente dos Estados Unidos. Roger provocou pequenos constrangimentos ao irmão-presidente, mas parece ter assentado depois que, há dois anos, teve um filho, Tyler.

Nessa época, Hillary tentou ter um papel de destaque no governo de seu marido como coordenadora das mudanças radicais que ele queria impor ao sistema nacional de saúde, mas o projeto foi rechaçado pelo Congresso e pela opinião pública. Acossada pelas acusações do caso Whitewater, ela se retraiu e tem desempenhado funções mais tradicionais de primeira-dama.

Mesmo após o escândalo envolvendo a estagiária de Bill Clinton, Monica Lewinski, e a denúncia de várias mulheres que declararam relações extraconjugais com Bill, Hillary permaneceu publicamente solidária ao marido nas tormentas de suas infidelidades.  Em  1998, ele foi absolvido no Senado em processo de impeachment, acusado de ter mentido em juízo sobre o escândalo Monica Lewinski, a estagiária com quem ele teria se envolvido sexualmente. 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem