Celebridades

Ellen DeGeneres dá desconto de R$ 41 milhões e vende mansão a executivo da Netflix

Já Ted Sarandos, da Netflix, vendeu sua casa ao cantor Robbin Williams

mulher sorrindo
A apresentadora Ellen DeGeneres durante a premiação People's Choice Awards, em Los Angeles - Danny Moloshok/Reuters
São Paulo

A apresentadora americana Ellen DeGeneres, 60, vendeu, em junho, a sua mansão em Montecito, na Califórnia. O comprador foi o diretor de conteúdo da Netflix, Ted Sarandos, que conseguiu um desconto de R$ 41 milhões na compra.

A mansão foi posta a venda em 2015 por R$ 168,5 milhões. Em um acordo com o executivo, Ellen acabou vendendo por apenas R$ 127 milhões, segundo noticiou a revista Variety.

Nesse vai e vem compras e vendas de grandes propriedades, Sarandos repassou a sua antiga casa, com vista para o mar, em Malibu, por R$ 78 milhões ao cantor Robbin Williams. A região foi habitada por celebridades como o cantor Neil Diamond, o empresário Michael Eisner  e a modelo Cindy Crawford .​

Ellen havia pago R$ 107 milhões pela casa de 930 m², em 2013. Com isso, ainda saiu no lucro. O imóvel tem projeto original do arquiteto americano Wallace ​Frost. São seis quartos, nove lareiras, bibliotecas e uma sala dedicada à projeção de mídia.

A apresentadora mexeu na casa e construiu um pavilhão anexo, com uma área de bronzeamento, uma sala de jantar e uma cozinha a céu aberto com forno de pizza. Ao ar livre há duas piscinas e quadras esportivas. O terreno é rodeado por oliveiras, eucaliptos e outras plantas que compõem os jardins.

Sarandos e sua mulher, Nicole  Avant,  gostam de investir em imóveis. Eles ainda mantêm uma elegante mansão no Hancock Parl, em Los Angeles. Eles compraram o imóvel, que pertenceu ao casal já divorciado Melani Griffith e Antonio Bandeiras, em 2015 por R$ 56 milhões. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias