Celebridades

Venus Williams não será acusada por acidente de carro fatal na Flórida

Venus Williams não será acusada por acidente de carro fatal na Flórida
Venus Williams não será acusada por acidente de carro fatal na Flórida - Kin Cheung-28.jan.2017/AP


A estrela do tênis Venus Williams, 37, não enfrentará nenhuma acusação criminal em decorrência de um acidente de carro fatal ocorrido em junho perto de sua residência na Flórida, noticiou o jornal "Sun-Sentinel" na quarta-feira (20) citando a polícia.

O motorista de um carro que atingiu a SUV de Williams em um cruzamento tampouco foi acusado, já que a polícia de Palm Beach  Gardens determinou que nenhum dos dois violou a mão de preferência, disse o jornal. 

Em junho de 2017, a tenista disse às autoridades que estava no cruzamento quando o tráfego a forçou a reduzir a velocidade e que ela não viu o carro do casal Barson, que passou o sinal verde e bateu com o carro dela na perpendicular.

Inicialmente a polícia disse que Williams teve culpa por não dar a preferência, mas em julho a corporação mencionou o surgimento de indícios em vídeo que mostraram que a tenista entrou no cruzamento corretamente e que um carro não envolvido na colisão a forçou a parar no cruzamento. A luz do semáforo mudou e um sedã que atingiu o automóvel de Williams passava com a luz verde.

Jerome  Barson, passageiro de 78 anos de um sedã que se chocou com a SUV que a tenista dirigia, morreu 13 dias após o acidente de 9 de junho. Sua esposa, Linda Barson, de 68 anos, estava ao volante. A família Barson iniciou uma ação civil acusando Williams de morte acidental.

O advogado da tenista, Malcolm Cunningham, afirmou que "o relatório da polícia avaliou que Williams dirigia a 8 km/h" no momento da batida e que sua cliente não foi indiciada. "É um acidente lamentável e Venus manifesta suas condolências à família, que perdeu um de seus membros", disse Cunningham ao jornal "Miami Herald".

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias