Você viu?

Artista recebe ameaça de estupro por não se depilar

Arvida Byström estrelou uma campanha para a marca Adidas e foi insultada por defender a não depilação


Arvida Byström é uma artista que, até alguns meses, vivia uma vida comum. Em setembro deste ano, a sueca foi convidada para estrelar a nova campanha do tênis Superstar, da Adidas, junto de outros jovens engajados em mudar a sociedade. 

A fotógrafa é também uma ativista feminista e questiona, com sua arte, padrões de gênero e a "estética feminina". Não adepta da depilação, Byström aparece mostrando uma das pernas na foto da campanha, o que gerou uma série de comentários.

Na imagem, compartilhada dia 20 de setembro no Instagram da marca, alguns seguidores passaram a insultar a artista. "Que nojenta!", "Depila essas pernas, que rídiculo!".

A ativista repostou a imagem em seu Instagram pessoal e comentou a respeito do ocorrido: "Literalmente, tenho recebido ameaças de estupro por inbox."  

"Minha foto da campanha do Superstar, da Adidas, teve uma série de comentários odiosos na última semana. Eu que sou completamente capaz, branca e cis, com a única característica inconveniente de ter alguns pelos na perna. Literalmente, tenho recebido ameaças de estupro por inbox. Não posso nem imaginar o que é não ter estes privilégios e tentar existir neste mundo. Estou mandando amor e tentando lembrar que nem todos têm a mesma experiência sendo uma pessoa. Além disso, obrigada por todo amor que me mandaram, também tem sido muito", escreveu ela.

Além de Arvida Byström, outros jovens "fora do padrão" foram convidados para estrelar a campanha. Dentre eles estão o rapper Khalif e a modelo plus size Barbie Ferreira. 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem
[an error occurred while processing this directive]