Televisão

'Reconhecer erro não inibe crime, tem que pagar', diz Datena sobre José Mayer

José Luiz Datena elogiou a atitude de José Mayer, que reconheceu o erro que cometeu em carta aberta, depois de ser acusado de assédio pela figurinista Susllem Tolani, de 28 anos. Datena, porém, ressaltou que isso não é o suficiente para inibir o suposto crime cometido pelo ator da Globo e que ele terá, sim, que pagar pelo que cometeu.

"Gostei que o cara [José Mayer] reconheceu o erro dele, porque não é fácil mesmo. Mas isso não inibe o crime, tem que pagar pelo que cometeu. É por aí que começa o respeito pela mulher", avisou Datena, no início do "Brasil Urgente", da Band, nesta terça-feira (4).

Foto divulgação da TV Bandeirantes - Datena (Divulgação/Band)
O apresentador José Luiz Datena - Divulgação/Band

"Só porque é o galã acha que pode ir colocando a mão lá onde não deve. Mas gostei que reconheceu. Agora, repito, se ele cometeu algum crime, ele tem que pagar, pronto e acabou, seja ele quem for", completou.

Em depoimento publicado pela Folha, Susllem relatou vários episódios em que foi vítima de comportamento inadequado do ator da Globo. Em um deles, em fevereiro deste ano, ele teria colocado a mão esquerda na genitália dela.

Em carta aberta divulgada nesta terça, Mayer admite ter errado e passado dos limites.

Um protesto contra o assédio está acontecendo também nesta terça-feira nas dependências da TV Globo. Funcionárias foram ao trabalho nos Estúdios Globo, nova denominação do Projac, no Rio de Janeiro, com uma camiseta com os dizeres: "Mexeu com uma, mexeu com todas".

Nas redes sociais, atrizes do primeiro escalão como Sophie Charlotte e Taís Araújo, postaram fotos com a mesma frase.


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem