Televisão

Suspensão da Globo a José Mayer é para próxima novela e a futuras escalações até caso de assédio ser apurado

A suspensão por tempo indeterminado imposta pela Globo a José Mayer, 67, não significa, ainda, nenhuma quebra de vínculo empregatício com o ator.

A emissora decidiu suspender a única escalação dele que já estava acertada, a da próxima novela das 21h de Aguinaldo Silva, batizada provisoriamente de "O Sétimo Guardião". O ator viveria um homem que tem sua vida arruinada pela vilã, a ser interpretada por Lilia Cabral.

Enquanto o caso de assédio no qual ele está envolvido (ele foi acusado pela figurinista Susllem Meneguzzi Tonani de assediá-la no set das gravações de "A Lei do Amor" ) não for apurado, o ator não será escalado para nenhuma outra produção.

Veja a nota da Globo:

"A Globo decidiu não escalar José Mayer para a próxima novela das nove de Aguinaldo Silva, prevista para ir ao ar em 2018. Essa é uma atitude isenta e responsável da Globo de não dar visibilidade a uma das partes envolvidas numa questão que é visceralmente contra tudo que a Globo acredita. E não é uma atitude isolada. A atitude da Globo será sempre essa. A de defender que casos como esse devem ser apurados, ouvindo e oferecendo todo apoio às duas partes, dando possibilidade para que a verdade aflore e criando condições para que não se repitam."


José Mayer interpreta Tião em "A Lei do Amor"
José Mayer interpreta Tião em "A Lei do Amor" *** **** - Renato Rocha Miranda/Globo/Divulgação



Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem