Celebridades

Grazi Massafera diz que se tiver sexo todo dia é ótimo


Grazi Massafera já está confirmada para a nova novela de Walcyr Carrasco, "O Outro Lado do Paraíso"
Grazi Massafera já está confirmada para a nova novela de Walcyr Carrasco, "O Outro Lado do Paraíso"


Grazi Massafera, 35, afirma que gosta de ter uma vida sexual ativa, embora não seja uma exigência pessoal. A atriz namora o advogado Patrick Bulus, 29, há cerca de um ano.

"Se tiver sexo todo dia, ótimo. Não é regra nem obrigação. Quando tenho desejo pela pessoa, rola até muito cansada", disse Grazi, em entrevista à revista "Claudia".

A modelo está fora da televisão desde "A Lei do Amor" (2016/2017), na qual interpretou a personagem Luciane Almeida de Sousa Leitão. Porém, a atriz já iniciou as gravações da próxima novela das nove "O Outro Lado do Paraíso", de Walcyr Carrasco. 

Grazi está com o elenco em Palmas (TO) gravando algumas das primeiras cenas. No folhetim, ela será Lívia, filha de Sophia (Marieta Severo), a grande vilã da história.

A atriz reencontrou o amor há um ano quando começou o relacionamento com Patrick. O advogado carioca é seu primeiro companheiro que não é uma celebridade. "Meço muito as palavras quando me perguntam sobre ele. Pela primeira vez estou com uma pessoa que não é pública", disse ela.


Grazi já foi casada por seis anos com o ator Cauã Reymond, 37, com quem teve Sofia, 5.  Eles se separaram em 2013 após rumores de que Reymond teria tido um affair com Isis Valverde, 30, sua companheira em "Amores Roubados" (2014). 

Quando questionada sobre o futuro de sua relação com Patrick, Grazi diz: "Eu sinto vontade de casar de novo, mas sem muito alarde. Talvez faça isso longe de todos. Não sou de festa, nem mesmo no meu aniversário". 

A atriz, que está no auge de sua carreira após a indicação ao Emmy 2016, é presença confirmada na próxima novela das nove da Globo, "O outro lado do paraíso", de Walcyr Carrasco.                             

CARREIRA

Em entrevista à revista "Claudia", Grazi também relembrou que demorou para se habituar com o ambiente hostil das telenovelas. Foram nove anos até ela gostar de ser atriz.

"Por ser uma ex-BBB, alguns grandes nomes da televisão se recusavam a contracenar comigo. Teve ator que preferiu interpretar falas olhando para a parede", diz a atriz. Ela foi a segunda colocada do reality "Big Brother Brasil", de 2005 (Globo).

A atriz diz que a resistência da equipe em recebê-la foi muito além do set de filmagem. "Também armavam situações. Uma maquiagem sumiu do camarim e apareceu como mágica na minha bolsa. Deixaram umas coisas de feitiçaria no meu carro."

Incomodada com a situação, Grazi encontrou na própria encenação uma chance para demonstrar o que sentia. "Uma vez, o diretor precisou que eu gravasse sozinha no estúdio. Era cena de choro e eu desabei em lágrimas. A câmera estava fechada em mim. O resultado ficou ótimo!"

"Confesso: demorei a encontrar motivação", conta ela. No entanto, mesmo com todos esses empecilhos, a atriz não desistiu. Não teve estímulo melhor; em vez de desistir, fiquei tentada a fazer a carreira dar certo.

Com o passar dos anos, Grazi conquistou seu espaço e ficou mais confortável com sua profissão. "Nos primeiros tempos, não tinha prazer no que vivia, estava ali para sustentar a família."

Grazi diz que o amadurecimento profissional aconteceu em "Verdades Secretas" (2015/2016) quando foi indicada ao Emmy por sua interpretação de Larissa, modelo viciada em drogas. 



Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem