Celebridades

Presença de Jair Bolsonaro fez com que Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank deixassem UFC mais cedo

Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank chegam à Arena Olímpica do Rio
Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank chegam à Arena Olímpica do Rio - Wallace Barbosa-03.jun.2017/AGNews


Os atores Bruno Gagliasso, 35, e Giovanna Ewbank, 30, se sentiram incomodados com a presença do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e saíram mais cedo do UFC (Ultimate Fighting Championship) Rio 8 (UFC 212) na noite do último sábado (3).

O casal chegou à Arena Olímpica do Rio para acompanhar a participação dos lutadores brasileiros na competição. Animado, Bruno postou em sua conta no Twitter que estava perto do octógono do UFC para "passar bastante energia positiva pros brasileiros no @UFC de hoje!". 

Pais de Titi, adotada no Malauí, o casal soube da presença de Bolsonaro no evento e resolveram deixar o local e acompanhar a luta de Vitor Belfort e José Aldo em casa. "Já no meus aposentos, na frente da TV, e bem longe do Bolsonaro", escreveu Gagliasso, em sua conta no Twitter.


Bolsonaro é conhecido por seu posicionamento conservador e por suas declarações polêmicas em relação a mulheres, homossexuais e negros. Em recente palestra no clube Hebraica, narrou a visita que teria feito a uma comunidade quilombola: "O afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas. Não fazem nada. Eu acho que nem para procriador ele serve mais".

O "F5" entrou em contato com a assessoria de imprensa dos atores, mas não obteve retorno até a publicação desse texto. 


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem