Celebridades

'Já fui mainstream, hoje gosto de ser assim, uma artista um pouco menor', diz Sandy 

Sandy participa do programa 'Ritmo Brasil'
Sandy participa do programa 'Ritmo Brasil' - Divulgação/RedeTV!


A cantora Sandy, 34, falou sobre sua atual fase na carreira solo durante participação no programa "Ritmo Brasil", da RedeTV!. "Já fui 'mainstream', fui número, vendi três milhões de discos, lotei o Maracanã e era legal. Só que hoje gosto de ser assim, uma artista um pouco menor, quase de nicho, digamos". 

Segundo a cantora, que está divulgando o DVD "Meu Canto", esse novo momento na carreira é o suficiente para o que procura. "Isso me alimenta e dá prazer. Faço  show para no máximo três mil pessoas e fico feliz, me sinto satisfeita. O Brasil também tem espaço para isso".


Além da profissão, Sandy falou sobre o estilo que ela e colegas como o cantor Tiago Iorc e a dupla Anavitória seguem. "Não seremos nada parecidos com Anitta e Ludmilla, por exemplo, mas temos espaço. Há um público que está interessado em nosso som".

Casada com o músico Lucas Lima, 34, há quase nove anos, a artista também falou à atração sobre relacionamentos. "Carinho, atenção, amor e tolerância com as diferenças são os ingredientes básicos de toda boa parceria". 

REVELAÇÕES

No dia 31, Sandy foi a convidada do "Hotel Mazzafera", atração da web comandada pelo apresentador Matheus Mazzafera.

Na atração, que vai ao ar no YouTube todas as segundas, quartas e sextas, a cantora participou da brincadeira "eu nunca", game em que o participante precisa dar uma golada em uma bebida alcoólica toda vez que já tiver passado pela situação descrita por outro jogador.

Sandy divertiu-se respondendo a perguntas sobre tocos, palavrões ou se já deu "pt" (o de bebida). 

"Mas Sandy, você nunca levou toco?", questionou Mazzafera, incrédulo. "Mas também só investi quando achava que ia dar jogo", reponde a cantora, que também nunca nadou pelada. "Tenho medo, eu sou famosa desde pequena".



Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem