Você viu?

Marinheiros perdidos são salvos após escreverem 'SOS' em ilha do Pacífico

Homens foram resgatados e levados de volta às suas famílias

A palavra "SOS" na areia ajudou para que marinheiros fossem localizados - Australia Department of Defence
São Paulo

Três marinheiros foram resgatados em uma ilha do Pacífico após escreverem a mensagem na areia da praia com os dizeres ‘SOS’. Socorristas que já estavam em busca deles avistaram os dizeres e conseguiram levá-los de volta às suas famílias sem ferimentos graves.

De acordo com a CNN de Hong Kong, autoridades dos Estados Unidos e da Austrália disseram que os três homens partiram em um barco de cerca de sete metros na última quinta-feira. A ideia inicial era fazer uma viagem de 42 quilômetros de Pulawat aos atóis de Pulap nos Estados Federados da Micronésia.

Após ficarem sem combustível, os três acabaram saindo do percurso e parando na desabitada Ilha Pikelot, que fica a 190 quilômetros do destino que eles queriam.

A essa altura, socorristas já estavam em alerta máximo já que eles não chegaram ao destino. “Nós nos viramos para evitar algumas pancadas de chuva e foi quando olhamos para baixo e vimos uma ilha. Então decidimos dar uma olhada e foi quando vimos o SOS e um barco próximo a ele na praia. De lá, chamamos a Marinha australiana porque eles tinham dois helicópteros nas proximidades que poderiam ajudar e pousar na ilha”, disse o piloto tenente-coronel Jason Palmeira-Yen em postagem nas redes sociais.

A primeira aproximação de um helicóptero foi para dar suprimentos aos marinheiros perdidos. Só depois que acabaram resgatados. Após o resgate, todos tiveram ainda a preocupação de manter o isolamento social por causa do coronavírus.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem