Você viu?

Live de banda de pagode é interrompida por tiroteio no Rio de Janeiro

Integrantes do grupo Aglomerou gravaram mensagem dizendo que passam bem

Live do grupo Aglomerou termina em tiroteio
Live do grupo Aglomerou termina em tiroteio - Reprodução/YouTube
São Paulo

Integrantes do grupo de pagode Aglomerou tomaram um susto ao terem sua live interrompida por um tiroteio na tarde deste domingo (26). O incidente aconteceu em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, enquanto os artistas cantavam e tinham a apresentação transmitida pelo YouTube.

Quando sons de tiro começam a ser ouvidos, os músicos param de tocar, atentos e aparentemente preocupados com o que pode estar acontecendo. Neste momento um homem portando uma arma de grande porte atravessa o que seria o palco da apresentação correndo. Os artistas se abaixam e tentam sair do local para se proteger.

Após o tumulto, os integrantes do grupo, Diego, Bruno, João, Ronan e Dener, gravaram um vídeo dizendo que estavam bem e explicando que aconteceu uma operação policial em uma casa próxima ao local da live. O vocalista da banda declarou que ninguém envolvido na apresentação havia se ferido e que o ocorrido não tinha relação alguma com o espaço locado para a live e nem com as pessoas que estavam trabalhando no evento.

Os músicos também agradeceram a todos aqueles que se preoucuparam com eles e aos patrocinadores. O show será remarcado e a nova data anunciada em breve pelo grupo de pagode.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem