Você viu?

Francês entra em pânico e se ejeta sem querer de jato a 400 metros de altura

Voo era surpresa de colegas de trabalho para o homem

Aeronave Dassault Rafale em voo comemorativo na 51ª Paris Air Show
Aeronave Dassault Rafale em voo comemorativo na 51ª Paris Air Show - Pascal Rossignol/Reuters
São Paulo

Um francês de 64 anos entrou em pânico enquanto voava a bordo de um avião de caça. Ele se ejetou quando estava a cerca de 400 metros de altitude. O incidente aconteceu em março de 2019 quando os funcionários da empresa organizaram um passeio no jato Dassault Rafale B, como uma surpresa para ele.

Relatório divulgado no dia 6 de abril, segundo o jornal The Guardian, o francês estava extremamente estressado antes do voo e nunca havia expressado desejo de voar em um avião de caça, além de não ter experiência com aviação militar.

Graças a um relógio que ele usava para medir sua frequência cardíaca, os investigadores notaram que seu coração estava em taquicardia antes do voo, com 120 a 145 batimentos por minuto. Mesmo assim, o homem decidiu entrar na aeronave como passageiro.

Quando o avião alcançou a velocidade de 500 km/h, ele entrou em pânico e se segurou em algo –tratava-se do botão de ejeção. O homem acabou sendo ejetado, com um paraquedas, mas sem estar usando um capacete de proteção.

Na época, foi noticiado que ele não teve ferimentos graves, tendo sido encaminhado a um hospital próximo. O piloto, por sua vez, não foi ejetado e conseguiu pousar o avião com segurança.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem