Você viu?

Britânico de 99 anos entra no Guinness devido a arrecadações contra o coronavírus

Veterano Tom Moore arrecadou quase R$ 198 mi com caminhada

Tom Moore mostra certificados do Guinness Book
Tom Moore mostra certificados do Guinness Book - AFP/ Guinness World Records/ Emma Sohl
Andrew Heavens

O capitão Tom Moore, herói britânico na arrecadação para o combate ao coronavírus, adicionou dois recordes mundiais do Guinness à sua coleção nesta sexta-feira (24), poucos dias antes de seu 100º aniversário.

O veterano da Segunda Guerra Mundial estabeleceu o recorde de dinheiro arrecadado por um indivíduo através de uma caminhada de caridade –até a tarde de sexta (horário local) ele havia obtido mais de 28,6 milhões de libras esterlinas (quase R$ 198 mi) para o Serviço Nacional de Saúde (NHS) dando voltas em seu jardim.

Moore, que usa um andador com rodas desde que trincou o quadril, almejava angariar só 1.000 libras (quase R$ 7.000) inicialmente, mas ultrapassou o valor depois que a atenção da mídia de todo o mundo se concentrou em sua casa de Bedfordshire, no centro da Inglaterra.

Ele também foi reconhecido como a pessoa mais velha a chegar ao primeiro lugar da principal parada musical do Reino Unido graças a sua colaboração com o cantor Michael Ball em um cover de “You’ll Never Walk Alone” –outra iniciativa de arrecadação para o NHS.

O Livro Guinness dos Recordes disse que o título pertencia ao astro galês Tom Jones, que tinha 68 anos quando cantou na canção de ajuda humanitária “Barry Islands in the Stream”, em 2009. Moore, que faz 100 anos no dia 30 de abril, disse ter se sentido honrado com os prêmios.

“Minha caminhada de caridade arrecadou mais dinheiro do que eu teria imaginado possível, e por isso sou grato àqueles que doaram dinheiro e compraram o single para que pudéssemos alcançar esses recordes juntos e arrecadar dinheiro para nosso incrível NHS nestes tempos difíceis”, disse.

A caminhada de arrecadação de Moore quebrou um recorde de 40 anos. O Guinness disse que o título anterior de mais dinheiro angariado por meio de uma caminhada de caridade foi do atleta canadense Terry Fox. “Estes realmente são títulos dos Recordes Mundiais do Guinness para todos nós”, disse Moore.

Reuters
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem