Você viu?

Pescador encontra bebê em pleno mar na Nova Zelândia

'Eu achei que fosse uma boneca', disse Gus Hutt

O bebê foi encontrado em Matata, na região da Baía de Plenty, na Ilha do Norte
O bebê foi encontrado em Matata, na região da Baía de Plenty, na Ilha do Norte - BBC News Brasil/Getty Images

Descrição de chapéu BBC News Brasil

Um pescador amador da Nova Zelândia resgatou um bebê de 18 meses do mar no fim de outubro. Gus Hutt estava acampando em uma praia em Matata, na Ilha do Norte, e saiu para pescar. Foi quando viu uma pequena figura flutuando na água.

Ele só percebeu que era uma criança quando o menino "deixou escapar um gritinho". "Eu achei que fosse uma boneca. Mesmo quando eu o segurei pelo braço, ainda achei que fosse uma boneca", disse Hutt a um jornal local.

"Seu rosto parecia de porcelana e seu cabelo estava molhado, mas quando ele deixou escapar um gritinho eu pensei: 'Ó Deus, é um bebê, e ele está vivo'." 

A Nova Zelândia tem cerca de 600 ilhas
A Nova Zelândia tem cerca de 600 ilhas - BBC News Brasil/Smith Collection

'NÃO ERA A HORA DELE'

Hutt estava hospedado no Acampamento de Férias do Murphy, na cidade litorânea de Matata, e costumava sair de manhã cedo direto do camping para pescar na praia. Justo em 26 de outubro ele resolveu pescar em um local diferente, 100 metros para a esquerda.

Eram 6h15 da manhã. Depois de checar suas linhas de pesca, ele avistou o menino flutuando na água. "Ele estava flutuando (em direção ao mar) em um ritmo constante... Se fosse apenas um minuto depois, eu não o teria visto", disse Hutt. "Ele foi muito sortudo. Acho que simplesmente não era a hora dele."

A mulher de Hutt, Sue, alertou os serviços de emergência e chamou os funcionários do acampamento, que disseram que apenas um casal entre os hóspedes estava com um bebê. Ele havia saído da barraca dos pais abrindo o zíper e depois foi parar na água.

"Aparentemente o garotinho estava muito empolgado por estar na praia. Era a primeira noite da família aqui, a primeira vez que eles se hospedavam aqui", disse a sócia do acampamento Rebecca Salter à BBC.
"Hutt é pescador e um dos nossos clientes assíduos. Ele trouxe o bebê para nós. Enrolamos ele em algumas toalhas e Sue foi informar os pais."

A mãe da criança gritou quando foi informada que seu filho fora encontrado na água. O casal depois agradeceu Hutt e sua mulher antes de voltar para casa. "Foi um choque para todo mundo", disse Salter. "O bebê teve muita sorte... Poderia ter sido um incidente muito trágico. Foi um milagre."

A polícia da região confirmou à BBC que respondeu à emergência e disse que o bebê agora "passa bem".

BBC News Brasil
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem