Você viu?

Exposição em Moscou traz pinturas de Vladimir Putin como Papai Noel e Super-Homem

Vladimir Putin como Papai Noel em pintura da exposição 'SuperPutin'
Vladimir Putin como Papai Noel em pintura da exposição 'SuperPutin' - Maxim Shemetov-06.dez.2017/Reuters


Vladimir Putin de Super-Homem, jogador de hóquei e Papai Noel ocupa uma exposição em Moscou chamada "SuperPutin", na qual se pretende homenagear o dirigente russo, candidato a um quarto mandato presidencial.

Na grande sala de uma fábrica inutilizada do centro da capital russa, os visitantes podem admirar Putin fazendo carinho em um cachorro, hasteando a bandeira russa, ou disparando foguetes com as cores do país.

"Cada quadro destaca uma qualidade e um valor do presidente", diz à "AFP" Yulia Dziuyeva, de 22 anos, uma das organizadoras da exposição.

"Cada um dos 30 pintores e escultores que participam da exposição representou Vladimir Putin sob seus aspectos positivos. Cada um gosta dele, o respeita e o apoia", afirma Dziuyeva.

A abertura desta exposição que, segundo seus organizadores, irá para Berlim e Londres, coincidiu com o anúncio na quarta-feira da candidatura de Putin para a eleição presidencial de março de 2018.

Uma vitória o colocaria à frente do país até 2024 e o tornaria o dirigente russo de maior longevidade no poder depois de Stalin.

CALENDÁRIO

Em novembro, memes do presidente russo tomaram conta da internet após seu calendário chegar às bancas de Moscou. Publicado pela revista russa "Zvezdi I Sovieti" ("Estrelas e Conselhos"), por 95 centavos, ele traz diversas imagens de Putin junto com os dias e meses.

Na página destinada a maio, por exemplo, o mandatário russo aparece segurando um gatinho de quem afirma ter gostado instantaneamente.

Em outra imagem, está cavalgando. Na contracapa, de óculos escuros, ele diz que a Rússia não precisa de nenhum território estrangeiro ou dos recursos naturais de ninguém.

O calendário fez parte da estratégia de Putin de divulgar uma imagem imponente para a população russa.


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem