Viva Bem

Dia do Orgasmo: Saiba como a respiração pode ajudar a atingir o clímax

Exercícios simples aumentam a conexão com o próprio corpo

sergeimelnikov
Descrição de chapéu Personare
Roberta Struzani
São Paulo

Às vezes podemos nos sentir cansados demais para o sexo, ou ainda sem interesse suficiente. Em outros momentos, mesmo que haja bastante vontade e desejo, muita gente não consegue alcançar o orgasmo. Se você tem ou já teve dificuldade de chegar ao clímax, exercícios simples de respiração podem lhe ajudar a energizar o corpo e ter mais energia durante o sexo –​ e neste Dia do Orgasmo, comemorado dia 31 de julho, mostramos o passo a passo.

Essa técnica respiratória chamada “Respiração do Lama” é uma variação da Yoga tradicional, que incorpora princípios tântricos. O método foi desenvolvido primeiramente pelo londrino e professor tântrico Joshua Smith, e readaptado posteriormente de acordo com as variações culturais de outros povos. Vale lembrar que os monges do Tibete também usam essa respiração para aquecer o corpo. Depois do exercício eles costumam ir completamente nus para as montanhas e ainda assim continuam aquecidos.

O exercício pode ser praticado todos os dias, durante cerca de 10 minutos. A ideia é que você entre em sintonia com seu corpo, restabelecendo a energia de conexão com o seu prazer. O exercício pode ser realizado um pouco antes daquela ocasião especial ou quando tiver vontade.

PREPARAÇÃO PARA O EXERCÍCIO

Antes de iniciar o exercício respiratório, procure ler e entender todas as orientações, para que você possa colocar a técnica em prática, sem precisar parar para tirar dúvidas. Assim você aumentará sua concentração e não dispersará energia, tendo um maior resultado.

Neste momento, a música também pode ser uma grande aliada. Sendo assim, escolha uma canção que lhe inspire paixão e sexo. Pode ser alguma que já tenha marcado sua história. Melhor ainda se a música começar num ritmo mais lento e aos poucos for aumentando as batidas. Assim você poderá acompanhar a melodia com sua respiração, combinando com o padrão do exercício.

Durante o exercício, procure visualizar mentalmente o seu corpo em atividade energética. Imagine um fogo vital aos poucos tomando conta de você e lhe enchendo de energia sexual e muito amor. Sinta-se exalando beleza e em conexão ao seu interior, ao seu corpo e a tudo que lhe rodeia.

Além disso, experimente movimentar bastante o quadril e até mesmo a musculatura pélvica durante o exercício. Isso aumenta a circulação sanguínea local, facilitando ainda mais o orgasmo. Confira abaixo o passo a passo das duas etapas do exercício de respiração.

PRIMEIRA ETAPA

  1. Fique em pé, mantenha os pés ligeiramente afastados e olhe para baixo, firmando um ponto fixo no chão, para não perder o equilíbrio;

  2. Expire completamente pela boca, inspire pelo nariz e volte a expirar todo o ar novamente;

  3. Repita esse processo algumas vezes e a cada respiração vá entrando em maior conexão com o seu corpo e a sua respiração.

Nesta primeira etapa você será levado a um estado de quietude transcendente, ou seja, você ficará mais atento à respiração e com o corpo em maior fluxo energético.

SEGUNDA ETAPA

  1. Ainda em pé na mesma posição – com os pés ligeiramente afastados, olhando para o chão – agora comece a inspirar durante um tempo maior que a expiração. Isso aumentará os seus batimentos cardíacos, levando um fluxo maior de sangue para o corpo;

  2. Depois feche os olhos e inspire pelo nariz, enquanto levanta a cabeça e os braços na direção do céu;

  3. Lembre-se que agora a sua inspiração deve ser mais longa que a expiração;

  4. Sendo assim, vá aumentando o ritmo e acelerando a inspiração a cada nova respiração feita;

  5. Deixe que o seu corpo vá assumindo novas posturas a cada inspiração, como se estivesse dançando;

  6. Comece apenas elevando os braços aos céus e aos poucos vá tornando esse movimento mais livre, movimentando os braços da forma que sentir vontade, até que esteja movimentando todo o corpo;

  7. Ao expirar pela boca, retorne o corpo à posição inicial, voltando a cabeça para o chão e deixando os braços paralelos ao corpo.

Repita essa série de inspiração e expiração com os movimentos dos braços e corpo durante uns 10 minutos ou como sentir vontade.

ALÉM DA RESPIRAÇÃO, OUTRAS MEDIDAS PODEM SER ADOTADAS

Algumas mulheres não conseguem alcançar o orgasmo e muitas nunca o sentiram, distúrbio chamado anorgasmia. Se esse for seu caso, você pode e deve realizar o exercício respiratório, mas talvez só isso não seja suficiente.

A anorgasmia pode ocorrer por problemas psicológicos e também alterações da musculatura vaginal. Nesse caso, um acompanhamento com um fisioterapeuta ginecológico e um psicólogo se faz necessário.

No momento da relação, procure prestar atenção às sensações do corpo. A cada toque, perceba sua respiração e também a do parceiro. Se entregue mais ao sexo e lembre-se da sua individualidade. Assim ficará mais fácil se manter consciente e permitir que o seu corpo dance essa sintonia e sinta muito mais prazer.

personare
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias