Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

BBB22

BBB 22: Laís é eliminada com 91,25% e entra para top 10 de maiores rejeições

Também estavam na berlinda, DG e Eliezer, que tiveram 4,48% e 4,27%, respectivamente

Laís Caldas no BBB 22
Laís Caldas no BBB 22 - Globo/Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

No Paredão desta terça-feira (22), Laís foi eliminada do Big Brother Brasil 22 (Globo) com 91,25 % dos votos do público. Também estavam na disputa pela permanência, DG e Eliezer, que tiveram 4,48% e 4,27%, respectivamente.

Com a porcentagem, a médica atinge a maior rejeição do BBB 22. Bárbara e Larissa, da mesma edição, também entraram para o ranking geral, ao saírem com 86,02% e 88,59% dos votos, respectivamente. Ela também entrou para o ranking top 10 de maiores rejeições em paredões triplos do programa.

O nono Paredão do reality show chegou a bater mais de 995 mil votos por minuto --totalizando cerca de 157 milhões de votantes desde a abertura da votação, no domingo (20). Por volta das 21h desta terça-feira, a enquete produzida pelo F5 já apontava a saída da médica com mais de 70% dos votos do público.

Laís é mais uma integrante do quarto Lollipop a deixar o programa. Vale lembrar que, antes de a goiana deixar o reality, os últimos cinco paredões eliminaram pessoas que também faziam parte da aliança do quarto colorido, que já perdeu Brunna, Jade, Bárbara, Larissa e Vyni.

Confira a lista dos dez participantes com as maiores porcentagens em Paredões triplos:

  1. Karol Conká - BBB 21: 99,17%
  2. Nego Di - BBB 21: 98,76%
  3. Viih Tube - BBB 21: 96,69%
  4. Patrícia - BBB 18: 94,26%
  5. Nayara - BBB 18: 92,69%
  6. Projota - BBB 21: 91,89%
  7. Laís - BBB 22: 91,25%
  8. Ana Paula - BBB 18: 89,85%
  9. Larissa - BBB 22: 88,59%
  10. Bárbara - BBB 22: 86,02%

Em seu discurso de eliminação, o apresentador Tadeu Schimidt começou fazendo referência ao quarto Lollipop, levantando ainda mais questionamentos para os integrantes do quarto colorido. "Ninguém desse grupo volta do Paredão. Bárbara eliminada, Brunna eliminada, Larissa eliminada, Jade eliminada, Vini eliminado, cinco seguidos. O que tem esse grupo? O que tem esse quarto? O que que esse povo fez? É uma sequência de resposta que ninguém aí está entendendo ou é apenas uma coincidência? A formação de cada Paredão não favorecia aquela pessoa naquele momento por outros motivos, outras circunstâncias. Afinal, eram do mesmo quarto, eram do mesmo grupo, mas tinha trajetórias completamente diferentes".

Tadeu continou se referindo ao grupo: "É possível apontar um ponto em comum com todos esse eliminados, além de pertencer ao Lollipop? E agora fica ainda mais difícil de saber porque são dois do Lollipop no Paredão. Se sai um, aquele que fica, está fragilizado? Ou essa pessoa que fica foi a que passou mais distante de sair dessa vez? Será que a disputa foi acirrada? Voto a voto? Um dos dois saiu por muito? Ou mais impressionante ainda, seria agora o momento da redenção total? A primeira vez que um lollipoper resiste ao Paredão? São logo dois que vão voltar para comemorar? Será que cabe ao DG ficar marcado por essa virada?".

Mas o que mais chamou a atenção foi que, antes do seu discurso, o apresentador disse que iria passar uma informação para bagunçar a cabeça dos confinados. Referindo-se aos percentuais do Paredão.

"Neste Paredão, duas pessoas terminaram muito próximas. Mudaram de posição de domingo para cá. A diferença percentual entre elas foi de décimos. E afinal, quem vai embora do BBB 22 na nona semana? Quem sai, deixa laços fortes aí dentro. Deixa um alerta para quem fica. Quem sai, talvez se arrependa da estratégia que escolheu no BBB", disse o apresentador.

Por fim, Tadeu anuncio o veredicto do público: "Quem sai, provavelmente não faz ideia dos motivos da sua saída. Quem sai, sai individualmente, não sai como grupo. Quem sai, talvez saísse em qualquer outro Paredão, qualquer outro momento. Quem sai hoje é você, Laís".

Antes de cruzar a porta de saída, a agora ex-sister deixou um recado aos brothers que restaram na casa. "Foi uma experiência incrível, única. Fiquem fortes, se joguem!". Ela também se despediu de Arthur: "Aqui é só um jogo". O brother respondeu que fora da casa os dois conversam e ela completa: "Lá fora quero conhecer o Arthur. Combinado! Desculpa qualquer coisa".

Já do lado de fora, em seu papo com Tadeu, Laís analisou sua trajetória e quais os rumos após mais uma derrota do grupo Lollipop.

"Eu fui eu ali o tempo inteiro, me joguei, tentei ganhar prova de tudo qualquer jeito, mas estou muito feliz com a minha trajetória, acho que eu fiz tudo o que tinha que fazer. Me sinto muito vitoriosa por ter chegado até esse momento do BBB e as pessoas que me abraçaram até agora, quero abraçá-los de alguma forma".

Ela continuou explicando quais foram os seus possíveis erros: "Até falaram lá na casa, no atrito ali com o Arthur ele soltou: 'Ah, que está com atrito comigo está saindo'. Eu não sei se é isso, se ele já é o favorito da casa e é isso que está tirando...Eu não sei, eu quero entender".

A trajetória da sister no programa ficou marcada pela amizade com o grupo pipoca no início do programa, pela aliança com Jade Picon ao decorrer do jogo e, principalmente, pelos seus confrontos com Arthur Aguiar durante os Jogos da Discórdia.

Laís também manteve um relacionamento com Gustavo durante o jogo. Uma relação com términos e recomeços, e com a promessa de continuidade fora do programa feita pelo bacharel em direito.

Os últimos dias da sister na casa foram marcados por discussões com Arthur e pelo clima apaixonado entre ela e Gustavo. Com o ator, a médica passou a acusá-lo de diminuí-la no programa. Já com o seu affair, teve direito a troca de mensagens no queridômetro.

"Obrigado por tudo aqui, se Deus quiser vai dar certo", escreveu a médica. Gustavo respondeu: "Independente do resultado, hoje não será nosso último dia juntos".

A médica chegou ao seu primeiro Paredão após ser indicada pelo líder da semana, Arthur Aguiar. O seu par dentro da casa, Gustavo, ainda tentou mobilizar para que Eliezer estivesse na berlinda junto com a médica, com a expectativa que ele saísse.

O resultado, no entanto, não foi o esperado para o brother. Agora restam 11 participantes no programa.

TRAJETÓRIA ATÉ O BBB 22

Laís Caldas, 30, chegou tímida, mas logo entrou no jogo. Brincou, brigou, se apaixonou, criou estratégias, fez alianças e viu seus amigos saírem, um por um. Com toda a dinâmica, pouco se percebeu o momento difícil que a médica vivia antes de ser confinada para o reality.

"Ela entrou emocionalmente prejudicada", afirma a irmã da sister, Nara Gabriela Rodrigues Caldas, 36, ao recordar a morte do pai, ocorrida em dezembro passado. "O luto é diário e estamos passando pela pior dor de nossas vidas. Mas nós estamos orgulhosos da Laís, como sempre fomos".

Seu Augusto sempre foi a maior inspiração da filha Laís. Foi por causa dele que ela resolveu estudar medicina. O profissional foi um dos primeiros médicos a chegar em Crixás, cidade goiana onde as Laís e Nara nasceram e que conta com cerca de 17 mil habitantes.

Em um hospital do seu próprio pai, localizado ao lado do terreno de sua família, a médica também atuou na linha de frente durante a pandemia da covid-19.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem