BBB19

BBB 19: Alan e Paula disputam a final do reality; Carolina é a última eliminada

'Sister' deixou o programa com 54,67% votos

Paula e Alan: os finalistas do BBB 19
Paula e Alan: os finalistas do BBB 19 - Victor Pollak/Globo/Divulgação
 
São Paulo

Carol Peixinho foi a última eliminada do Big Brother Brasil 19 com 54,67% dos votos. Na noite desta quinta-feira (11), ela disputava a preferência do público com Paula, que teve 45,33% votos e agora vai fazer a grande final do reality com Alan. 

O vencedor será conhecido nesta sexta (12) e levará para a casa prêmio de R$ 1,5 milhão. Por ficar com o terceiro lugar, Carol ganhou R$ 50 mil. A 'sister' faz aniversário nesta sexta-feira (12) e ganhou parabéns da plateia do programa.

"Entrei de cabeça e vivi tudo que tinha para viver, não mudaria nada", falou Carol para Tiago Leifert.  

Paula e Alan tiveram trajetórias bem diferentes ao longo do programa. A mineira acumulou polêmicas. A última delas culminou na expulsão de Hariany mais cedo nesta quinta (11). Durante a festa de quarta (10), as duas, que aparentavam estar embriagadas, discutiram e Paula foi empurrada por Hariany. Por infringir uma regra do programa, a 'sister' foi expulsa.

Antes disso, Paula provocou polêmica ao dizer ter medo de Rodrigo por ele ter “contato com esse negócio de Oxum (...) Eu tenho medo disso”. Alertada por Hariany para não falar mais sobre o assunto sob o risco de ser rotulada como preconceituosa, Paula afirmou: “Mas eu não sou não [preconceituosa]... Nosso Deus é maior."  

Em outra ocasião, ela falou sobre a história de uma amiga que foi esfaqueada."E aí eu pensei que ia chegar um faveladão lá, mas, quando eu vi, o cara era branquinho, morou não sei quanto tempo na Austrália ou no Canadá, não sei". 

A polícia do Rio já disse que, depois que Paula sair do programa, vai intimar a 'sister' a prestar esclarecimentos sobre possíveis crimes de intolerância religiosa e racismo que ela teria cometido dentro do BBB 19. O caso é investigado pelo Decradi (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância). 

Sem saber que já é investigada, Paula chegou a dizer durante a atração que a Globo poderia até ser processada por conta de suas falas.  “Ai, meu Deus do céu, eu sou terrível. Mas não é por maldade, é porque é legal. Eu acho graça e faço. Às vezes nem tem graça, só eu que acho que sim”, disse. 

Depois de eliminados, Rodrigo e Gabriela afirmaram que iriam processar a 'sister' por racismo religioso. 

Alan, por sua vez, quase não se envolveu em polêmicas na casa. No começo do BBB 19, ele teve um romance breve com Hana. Nos últimos dias, o 'brother' se aproximou de Carolina Peixinho.

Ao pedir votos para ganhar o programa, Alan disse que sempre foi verdadeiro. "Eu não sei o que eu representei aqui até esse momento. Sempre tentei respeitar todo mundo aqui. Fui verdadeiro". Ele também contou que se levar o prêmio de R$ 1,5 milhão, vai doar metade para uma instituição que cuide de animais e aproveitar o restante com a família.

Já Paula disse que lutou muito para se manter na atração. "Eu me joguei. Eu briguei quando precisou. Eu tentei fazer um jogo limpo e verdadeiro. Se gostaram de mim, me deixem ganhar amanhã", disse. Ela contou que a família passa por uma crise financeira e, por isso, seu objetivo com a conquista do prêmio é pagar todas as dívidas.    

A final do programa nesta sexta (12) terá apresentação da baiana Ivete Sangalo, 46. O evento vai reunir também todos os participantes da atração. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias