BBB18

BBB 18: 'Não tem assunto lá dentro, é difícil segurar a língua', diz Diego sobre 'bullying' com Gleici

Eliminado se arrependeu de zoeiras e disse que não esperava ser tachado de vilão

Diego dá entrevista após sair do BBB 18
Diego dá entrevista após sair do BBB 18 - Reprodução

São Paulo

Após deixar o BBB 18 com 81% dos votos, Diego teve a mesma reação de Patrícia: surpreendeu-se ao saber que foi taxado como vilão da edição.

"A gente nunca quer ser vilão, mas o que se pode fazer?", constatou o paraense em entrevista a Fernanda Keulla no site oficial do reality.

Após assistir alguns VTs de seus momentos na casa, ele se mostrou arrependido de ter feito "bullying" com Gleici e Paula.

"Chamávamos a Paula de Miss Simpatia, o Caruso até fez uma música para zoar ela do megahair. Quando fazemos alguma brincadeira do tipo aqui fora, a gente não deseja o mal da pessoa, é só uma brincadeira. Mas tenho consciência de que lá dentro estamos sendo observados, a coisa pode pegar mal", admitiu ele, que afirma não ter tanta experiência de BBB 18.

"Nunca assisti o programa, não conhecia isso de perfil de ganhador. Nunca me considerei um perfil para o entretenimento do grande público. Eu venho da academia", explicou.

Segundo ele, o tédio do confinamento é um dos maiores combustíveis das fofocas e "zoeiras" na casa. "Os comentários às vezes passavam dos limites. É que lá dentro não tem outro assunto, eu vou ficar falando de filosofia? É difícil segurar a língua", confessou. Ele ainda afirmou não ter nada contra Gleici.

Sobre sua estratégia de combinação de votos, Diego dá a entender que não sabia que poderia ser mal visto pelo público. "Eu só tinha certeza de que combinar votos ia me fazer ficar na casa por mais tempo, pois ia evitar que eu fosse para o paredão. Não existe a regra de que não pode combinar votos", defendeu-se.

"Eu e a Patrícia arquitetamos os três empates pois essa era a única maneira de me salvar do paredão. Falei para o Caruso: 'a única coisa que eu preciso de vocês é que vocês votem juntos'. A gente não sabe quem vai ser o mais votado, só esperávamos o empate", explica.

Durante a entrevista, Diego recebeu a visita de Patrícia por vídeo chamada. A amiga o consolou sobre a pecha de vilões do programa. "Di, a gente  fez uma leitura errada do jogo, a gente foi os vilões. Mas a gente tem que estar feliz porque a gente participou do Big Brother. Eu pedi desculpas ao público pelas coisas que disse, e bola pra frente, positividade. Da mesma forma que eu fui bem recebida aqui fora, tu será também", falou Patrícia.

Ao deixar o jogo, Diego admitiu que faria diferente se tivesse mais tempo na casa: "ficaria mais calado no início, apenas observando para depois falar. Seguraria mais a boca", afirmou.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem