A Fazenda 12

A Fazenda 12: Jakelyne Oliveira foi a última brasileira a chegar perto de ser Miss Universo

Modelo é a Miss Brasil 2013 e ficou em quinto lugar no internacional daquele ano

Jakelyne Oliveira, modelo e Miss Brasil 2013
Jakelyne Oliveira, modelo e Miss Brasil 2013 - Instagram/aakelyne
São Paulo

Um dos grandes destaques dos concursos beleza nos últimos dez anos, a matogrossense Jakelyne Oliveira, 27, foi a última brasileira a chegar mais perto da sonhada coroa de Miss Universo. Em 2013 a competição, que ainda estava nas mãos do atual presidente norte-americano Donald Trump, foi disputada em Moscou, na Rússia, e com um corpo sarado e muita simpatia, Oliveira entrou no concorrido grupo de cinco finalistas.

No final, quem venceu foi a venezuelana Gabriela Isler, e Oliveira ficou no quinto lugar. Dizem os especialistas que seu inglês fraco e o vestido de cor duvidosa a teriam prejudicado. Apesar disso, mesmo com fluência em idiomas e outros vestidos, depois dela nenhuma outra brasileira realizou o mesmo feito neste concurso.

Natural de Rondonópolis, terceira cidade mais populosa do Mato Grosso, Oliveira também ficou conhecida por ser a primeira representante originalmente do estado a ser coroada Miss Brasil Universo. Antes disso, as outras duas a defenderem a faixa da Unidade de Federação não nasceram em suas terras - Márcia Gabrielle (1985) e Josiane Kruliskoski (2000).

Com traços de origem indígenas, Oliveira afirma de pés juntos que todo o seu corpo é natural, apesar de uma intervenção plástica no nariz. Além disso, a Miss Brasil 2013 é bastante religiosa, adora música sertaneja e gosta de futebol: ela torce para o União, clube de sua cidade, e para o Flamengo. Uma curiosidade sobre o concurso em 2013, é que enquanto candidata ela foi comparada a Bruna Marquezine, ganhando a alcunha de "sósia" por alguns veículos de imprensa.

À época da eleição do Miss Brasil, com apenas 20 anos, a modelo vinha de um histórico de sucesso nas passarelas de miss, na franquia Globo. Ela acumulou vitórias nas etapas municipal, estadual e nacional, até vencer o Miss Globo Internacional em 2012, que aconteceu no Chipre.

A rondonopolitana começou a trabalhar no mercado de moda e disputar concursos de miss por incentivo de seu pai, que faleceu antes de ganhar sua primeira faixa e coroa. Deu tão certo, que ela deixou suspenso os estudos no curso superior de Engenharia Agrícola e Ambiental, e saiu colecionando títulos. Desde então, ela tem aparecido no noticiário sobre famosos, com uma vida amorosa supostamente agitada, com rumores de affairs com jogadores de futebol e atores de televisão.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem