Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Televisão

Jornalistas da Globo são agredidos na Feirinha da Madrugada em São Paulo

Homem machucou a mão do cinegrafista da emissora com uma corrente

Equipe da TV Globo é agredida durante reportagem no Brás, centro de São Paulo
Equipe da TV Globo é agredida durante reportagem no Brás, centro de São Paulo - 3.mar.2022/Globoplay
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Os repórteres Renato Biazzi e Ronaldo de Souza, da TV Globo, foram agredidos quando gravavam uma reportagem sobre a situação da feirinha da madrugada, no Brás, em São Paulo, na tarde de quarta-feira (2). A notícia foi dada pelo apresentador César Tralli, no Jornal Hoje.

Segundo Tralli, um homem, que segurava um cachorro amarrado a uma corrente, se aproximou e começou a xingar os repórteres, que faziam imagens no local. Depois, ele partiu com a corrente para cima dos dois repórteres. Um golpe acertou a mão do repórter cinematográfico Ronaldo de Souza, que está bem, mas vai fazer uma cirurgia.

Não ficaram claras quais as motivações do agressor, que tentou impedir o trabalho da imprensa. "A TV Globo repudia com veemência essa violência, se solidariza com os seus profissionais e tomará as medidas legais", diz o comunicado lido por Tralli.

Segundo a emissora, todos aqueles que agridem com declarações o trabalho da imprensa estimulam esse tipo de ato. "Desejamos uma plena recuperação ao Ronaldo, que vai ter que fazer uma cirurgia na mão, e solidariedade também ao Renato Biasi."

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem