Televisão

Globo exibirá série sobrenatural 'Desalma' na semana do Dia das Bruxas

Trama estreia dia 25 de outubro, após Conversa com Bial

Cássia Kis na série 'Desalma'
Haia (Cassia Kis) em cena da série Desalma - Estevam Avellar/Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A primeira temporada da série de drama sobrenatural "Desalma" será exibida nas madrugadas da Globo a partir da próxima segunda-feira (25). O projeto original Globoplay integrará o Corujão Mistério, e irá ao ar após o programa Conversa com Bial.

Serão exibidos cinco episódios duplos, e o público poderá acompanhar os mistérios e enigmas da obra criada e escrita por Ana Paula Maia com direção artística de Carlos Manga Jr. A trama começa em 1988, com o desaparecimento de uma jovem, que choca a população de Brígida, uma pequena cidade no Sul do Brasil.

A morte aconteceu na tradicional festa pagã Ivana Kupala, e o evento é banido do calendário desde então. 30 anos depois, a comunicada de colonização ucraniana decide retomar a celebração, e no ano de 2018, uma série de acontecimentos volta a perturbar a pequena cidade e seus habitantes.

A série foi lançada em outubro de 2020 e com uma forte pegada sobrenatural, deixou o público de cabelo em pé. Em vídeo exclusivo enviado ao F5, o diretor Carlos Manga Jr., assegurou que a ideia não era mostrar nada que vá assustar a audiência.

"Uma coisa que nós escolhemos e que eu acredito muito é a direção sugerida", conta. "É aquela direção que não mostra, que sugere, que você percebe o antes e percebe o pós, mas você não vê o durante."

Para ele, os efeitos são usados justamente para que nada desnecessário apareça na tela. "Não tem ninguém que atravessa a parede, não tem ninguém que voa", exemplifica. "É muito mais em cima da atmosfera."

A narrativa da série também mistura elementos sobrenaturais com dramas reais, deixando o público por vezes com a pulga atrás da orelha: aquele fato ocorreu mesmo ou faz parte da imaginação (ou dos delírios) dos personagens? A autora Ana Paula Maia, cuja estreia na ficção televisiva é justamente na série, diz que a intenção era justamente essa.

"A série aborda essas nuances dessas possíveis relações, costurado por um elemento sobrenatural que vai tomando forma e de uma maneira crescente e que, em muitos momentos, você não sabe se ele realmente está acontecendo ou se aquilo ali é uma possibilidade, uma possível loucura dos personagens", disse Maia, também em vídeo exclusivo para o F5.

"Até que isso vai querer uma forma de fato e vai ser mostrado. A série tem todas essas camadas de possível interpretação e também de construção, não é uma entrega muito fácil para o espectador", acrescenta.

A série conta com grandes nomes no elenco como Cassia Kis (Haia Lachovicz), Maria Ribeiro (Giovana Skavronski), Claudia Abreu (Ignes Skavronski Burko) e Susanna Kruger (Mira Skavronski). Além disso, também há atores com características físicas do leste europeu escalados em São Paulo, Santa Catarina, Porto Alegre, Minas Gerais e Rio de Janeiro, entre eles, Anna Melo, Eduardo Borelli, Nathália Falcão, Giovanni de Lorenzi e Nathália Garcia.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem