Televisão

Clássico que marcou gerações, versão do 'Sítio do Picapau Amarelo' volta à TV

Programa marcou geração de crianças por décadas

Atores da primeira versão do 'Sítio do Picapau Amarelo'
Atores da primeira versão do 'Sítio do Picapau Amarelo' - Divulgação
Erramos: esse conteúdo foi alterado
São Paulo

O canal pago Viva exibe a partir de 1º de março a versão do "Sítio do Picapau Amarelo", clássico baseado na obra do escritor Monteiro Lobato, que marcou uma geração de crianças das décadas de 1970 e 1980. A reprise do programa irá ao ar de segunda a sexta-feira, às 10h45.

Nesta versão, dirigida por Geraldo Casé, as pessoas poderão assistir às histórias cheias de aventura e magia dos netos da Dona Benta (Zilka Salaberry). O programa, um dos mais conceituados da TV brasileira, tinha ainda a Tia Nastácia (Jacyra Sampaio), a atrevida boneca de pano Emília (Reny de Oliveira) e o Visconde de Sabugosa (André Valli).

Entre as histórias exibidas estão a do "Minotauro", personagem da mitologia com corpo de homem e cabeça e rabo de touro, que sequestra a Tia Nastácia. Narizinho, Pedrinho, Dona Benta e Visconde vivem muitas aventuras ao voltar para a Grécia para resgatar a Tia Nastácia. Em "Memórias da Emília", a boneca conta suas memórias para o Visconde de Sabugosa, mas nem tudo é verdade.

Em "Reinações de Narizinho", a personagem vai ao Reino das Águas Claras para desfazer o feitiço que transformou novamente Emília em uma boneca muda e sem vida. Também estão previstas as histórias: "Cupido Maluco", "A Raiz Milagrosa" e "O Outro Lado da Lua".

A trilha sonora, dirigida pelo compositor Dori Caymmi, marcou época com um repertório de sucessos nacionais que exaltavam o folclore popular, como a música de abertura, "Sítio do Picapau Amarelo", de Gilberto Gil. A trilha inclui ainda "A Cuca Te Pega", de Dory Caymmi e Geraldo Casé; e "Visconde de Sabugosa", composta por João Bosco e Aldir Blanc.

"Para o Viva será um enorme prazer celebrar as histórias fantásticas de Monteiro Lobato, além de relembrar nomes consagrados da dramaturgia brasileira", disse Stephanie Purwin, gerente de programação do GNT, Viva e Mais Globosat.

ERRAMOS: O conteúdo desta página foi alterado para refletir o abaixo

A versão que será exibida pelo canal pago Viva do "Sítio do Picapau Amarelo" não foi a primeira adaptação do texto de Monteiro Lobato para a TV. O título e o texto foram corrigidos.

 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem