Televisão
Descrição de chapéu Eleições EUA 2020

Maju Coutinho cita trecho de 'Evidências' para abordar iminente derrota de Trump

Associação foi feita por conta da ação movida por ele para anular votos

Maju Coutinho cita Evidências para Trump
Maju Coutinho cita 'Evidências' para Trump - Reprodução
São Paulo

A apresentadora do Jornal Hoje (Globo) Maju Coutinho citou um trecho da música “Evidências”, conhecida de todos pela interpretação da dupla Chitãozinho e Xororó, para falar sobre a eleição para definir o novo presidente dos Estados Unidos entre Donald Trump e Joe Biden.

Em certo momento do noticiário desta quinta-feira (5), Coutinho relacionou a canção ao candidato e atual presidente dos Estados Unidos. “Enquanto isso o Trump vai negando as aparências, disfarçando as evidências”, disse ela. O fato repercute nas redes sociais e rapidamente ficou na tarde desta quinta entre os assuntos mais comentados do Twitter.

Na internet, muita gente gostou da associação. “Maju, eu te amo”, escreveu um. “Maju matando o Trump com gentileza”, disse um outro. “Maju sendo muito perspicaz”, celebrou uma outra seguidora.

A associação com a música foi feita com base na reação de Trump com a iminente perda da eleição para o candidato Biden. Diante do cenário cada vez mais favorável ao adversário, a campanha do republicano entrou com ação na Justiça para tentar suspender a contagem de votos em Michigan e na Pensilvânia e disse que pediria a recontagem de votos em Wisconsin, onde Biden venceu por menos de 1 ponto percentual.

Já o candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden, venceu em dois estados decisivos do Meio-Oeste americano nesta quarta (4) e chegou mais perto de uma vitória na acirrada disputa contra Donald Trump.

Depois de quase 24 horas de apuração, projeções da imprensa americana mostravam que Biden havia vencido nos determinantes Wisconsin e Michigan, e chegado a 264 dos 270 votos que precisa no Colégio Eleitoral.

Assim, o democrata, que ficou a um estado de ser eleito o 46º presidente dos EUA, fez um discurso de união em que se disse confiante na vitória e viu Trump agir para levar a disputa para a Justiça.

A provável vitória de Biden na eleição americana de 2020 deverá fazer a alegria de muitos artistas no país. Não foram poucos os que demonstraram seu apoio ao candidato democrata. Tom Hanks, Taylor Swift, Jennifer Aniston, Brad Pitt, George Clooney, Leonardo DiCaprio, Dwayne Johnson são alguns dos que já declararam publicamente o voto em Biden.

Do lado de Trump, entre os nomes mais conhecidos, estão o músico Kid Rock, e os atores Kirstie Alley e Jon Voight.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem