Televisão

Reinaldo Gottino faz sua reestreia no Balanço Geral e eleva a audiência da Record

Apresentador voltou à emissora após sete meses da CNN Brasil

Reinaldo Gottino - Edu Moraes / Record TV
São Paulo

O jornalista Reinaldo Gottino, 46, fez sua reestreia no programa Balanço Geral (Record), nesta segunda-feira (8), e, segundo a emissora, elevou a audiência do programa e ainda conseguiu ficar na liderança por 15 minutos, no quadro Hora da Venenosa.

Gottino, que já apresentava o programa, ficou afastado por sete meses, após optar por ir para a CNN Brasil ao término de seu contrato, em outubro do ano passado. A decisão de retornar para a antiga casa foi tomada há algumas semanas após atritos no novo canal.

“Estou na emissora que eu gosto, fazendo o que eu gosto e para quem eu gosto, que é você”, afirmou ele no programa, que teve média de 7,9 pontos no Kantar Ibope (cada ponto equivale a 201.061 espectadores), com 10 pontos de pico e 19% de share (participação de um programa no universo de aparelhos ligados).

Segundo a Record, a audiência desta segunda foi 6% maior que a registrada na média das últimas quatro segundas-feiras e teve recorde de share desde o início do isolamento social, em 16 de março. A prévia de audiência do horário teve média de 10,8 pontos para a Globo e de 5,6 pontos para o SBT.

Formado em jornalismo pela Universidade São Judas e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero, Gottino começou sua carreira como repórter no Grupo Globo de rádio (CBN e Rádio Globo), no qual se especializou em fazer jornalismo ao vivo. De lá, foi contratado pela TV Gazeta, e na sequência, pela Record TV.

Na CNN, Gottino passou por situações polêmicas, como na entrevista com a ex-secretária de Cultura Regina Duarte, que não gostou das perguntas e interrupções que vieram dos jornalistas no estúdio. Antes disso, ele já tinha sido criticado por interromper a comentarista Gabriela Prioli no quadro Grande Debate.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem