Televisão

Último capítulo de 'Malhação' registra 27 pontos de audiência no Rio e 23 em São Paulo

Novela teen teve final encurtado por causa do novo coronavírus

Filipe (Pedro Novaes) e  Rita (Alanis Guillen), de Malhação - Toda Forma de Amar
Filipe (Pedro Novaes) e Rita (Alanis Guillen) terminam juntos - Estevam Avellar/TVGlobo
São Paulo

O último capítulo de "Malhação: Toda Forma de Amar" exibido nesta sexta-feira (3) na Globo registrou, segundo dados, 27 pontos de audiência no Rio, batendo recorde de audiência da temporada, como melhor média de último capítulo desde a temporada de 2016. (cada ponto equivale a 47.454 domicílios).

Em São Paulo, o desfecho da trama marcou 23 pontos (cada ponto vale 74.987 casas na região). A média geral de 'Malhação' é de 18 pontos em São Paulo, e de 21 no Rio, índices que superam os números da temporada anterior "Malhação: Vidas Brasileiras" (2018-2019), que terminou com 17 pontos.
Último capítulo

​Por causa da pandemia do novo coronavírus e a decisão da Globo de paralisar as gravações, o autor Emanuel Jacobina, o supervisor artístico Carlos Araújo, e o diretor artístico Adriano Melo tiveram de fazer adaptações para antecipar em cerca de 15 capítulos o fim da trama.

No último episódio, os protagonistas Pedro Novaes (Filipe) e Alanis Guillen (Rita) narraram o desfecho das histórias de cada personagem da trama, além de abordarem questões de saúde pública na narrativa.

Rita, que passou boa parte da trama sequestrada, finalmente foi liberada no fim. Marco (Julio Machado) voltou a viver com Carla (Mariana Santos) e os filhos. O major, que se infiltrou na bandidagem para apurar o sequestro de Rita, mostrou que não é uma pessoa ruim e retornou à ativa.

Já a guarda de Nina foi compartilhada entre Rita, a mãe biológica, e Lígia (Paloma Duarte), a mãe adotiva.

REPRISE

Escrita por Cao Hamburger e com direção artística de Paulo Silvestrini, "Malhação: Viva a Diferença" foi exibida entre 2017 e 2018 e retorna na próxima segunda-feira (6).

Vencedora do Emmy Kids Internacional, "Malhação: Viva a Diferença" bateu vários recordes de audiência, e se tornou a temporada de Malhação mais vista em dez anos. A história da amizade improvável entre cinco meninas diferentes também deu origem à série "As Five", do Globoplay, que deve estrear no final do primeiro semestre deste ano.

Ambientada em São Paulo pela primeira vez em 22 anos, a trama narra a história de amizade entre cinco garotas a partir de uma experiência única e inesquecível. Durante uma pane do metrô paulista, Lica (Manoela Aliperti), Ellen (Heslaine Vieira), Tina (Ana Hikari), Benê (Daphne Bozaski) e Keyla (Gabriela Medvedovski), por obra do acaso, se veem presas no mesmo vagão enquanto Keyla entra em trabalho de parto.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem