Televisão

Comentarista da CNN, Caio Coppolla diz ter contraído Covid-19, mas está recuperado

'Estou nas tristes estatísticas', diz

Caio Coppolla
Caio Coppolla, comentarista da CNN Brasil - BoletimCoppolla no Instagram
São Paulo

O comentarista do canal CNN Caio Coppolla, 33, revelou ao vivo durante o Grande Debate desta terça-feira (28) que apresentou resultado positivo para o teste de coronavírus.

"Hoje eu fiz o teste e, de fato, contraí a doença. Estou nas tristes estatísticas, mas como paciente recuperado", afirmou ele, dizendo ter realizado uma tomografia, chamada de "teste de rastreio", que apresentou o padrão da Covid-19.

Coppolla chegou a ser afastado da emissora após apresentar sintomas da doença. Ele diz que foi a um hospital, mas não consegui fazer exames na época, pois estes eram destinados apenas para casos graves.

Coppolla chegou a criticar anteriormente a eficácia do isolamento social durante a pandemia do novo coronavírus, no quadro de debates que participa. Assim como ele, o apresentador Sikêra Junior, 52, recebeu nesta quarta-feira (29) a contraprova do teste para Covid-19, que confirmou que ele está com a doença.

Afastado temporariamente do programa Alerta Nacional (A Crítica/Rede TV!), o jornalista passa bem, e continua em recuperação em sua casa.

Ainda no meio jornalístico, o apresentador Marcelo Magno, 37, da TV Clube, afiliada da Globo no Piauí, chegou a ficar internado na UTI de um hospital particular de Teresina pelo coronavírus, antes de se recuperar, enquanto a repórter Susana Naspolini, 47, do RJTV (Globo), que passa por tratamento contra um câncer afirmou estar assintomática.

Outra jornalista que teve resultado positivo é Mariana Ferrão, 41, ex-apresentadora do Bem Estar (Globo), que deixou vizinhos em pânico ao sair para passear em meio à quarentena. E ainda Mari Palma, 31, que foi colocada em isolamento com o namorado, Phelipe Siani, 35, mas já retornou para seu trabalho na CNN.

As jornalistas Susana Naspolini, 47, do jornal RJTV, e Carol Barcellos, do quadro de esportes no Bom Dia Brasil, ambas da TV Globo, também contrairam Covid-19 e foram afastadas de seus trabalhos na emissora.

Assim com elas, teve resultado positivo para o vírus a jornalista Raquel Novaes, da GloboNews, segundo informações do site RD1. Os profissionais que tiveram contato com elas estão sendo monitorados pela junta médica do Grupo Globo.

Um dos jornalistas mais conhecidos do Maranhão, Roberto Fernandes, 61, morreu no final de abril em São Luís por complicações decorrentes do quadro de Covid-19. Ele estava internado havia quatro semanas, e trabalhava na TV Mirante, afiliada da Rede Globo.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem