Televisão

João Bravo diz que interpretar Peter em 'Bom Sucesso' fez gosto por leitura aumentar

Ator mirim afirma que seus colegas de escola lhe pedem emprego na Globo

O ator João Bravo interpreta Peter em

O ator João Bravo interpreta Peter em "Bom Sucesso" Raquel Cunha/Globo

São Paulo

"Eu aprendi muito em todos os trabalhos que já fiz. E em ‘Bom Sucesso’, também. Eu já lia antes de fazer a trama, mas agora leio mais junto com as minhas irmãs. A gente senta na sala e cada um lê o seu livro”.

É esse o hábito que tem aumentado na vida do ator mirim João Bravo, o Peter da trama da Globo das 19h. Aos dez anos, ele se destaca na trama de Paulo Halm e Rosane Svartman como o filho caçula de Paloma (Grazi Massafera).

E o gosto pela literatura tem um motivo especial. Desde o início, "Bom Sucesso" tem a preocupação de mostrar mais o universo dos livros aos telespectadores. O próprio nome do personagem do jovem artista é inspirado em uma fábula, a de Peter Pan.

"Estou amando o Peter, é um presente para mim. Ele significa muito do que sou hoje, pois ele demonstra muito amor pela família e ama brincar”, diz João Bravo, que concorre a melhor artista mirim no Prêmio F5 de 2019. Daqui em diante, diz o ator, seu personagem vai fazer “muita gente rir e emocionar” na novela.

Apesar da pouca idade, João Bravo é um ator com uma certa bagagem. Ele já atuou em três novelas –entre elas estão "A Força do Querer" (2017) e "Verão 90" (2019), duas minisséries, uma delas ‘Ilha de Ferro’ (2018), quatro filmes e fez um musical. Para o garoto de Saquarema (RJ) e que veio morar no Rio de Janeiro em 2017, “ser feliz e continuar trabalhando” são seus maiores desejos.

Atuar na dramaturgia só é permitido por conta do esforço de João Bravo, que concilia as gravações na Globo com uma vida normal de criança. Ele frequenta a escola no período matutino e diz que se diverte tentando explicar aos amigos um pouco mais sobre a vida de ator.

"Não me atrapalha em nada. Diferentemente do Peter na novela, eu gosto de estudar”, diz João Bravo. “E meus amigos pedem emprego para mim, sim, mas é de brincadeira”, ri o garoto.

João Bravo afirma ter o sonho de continuar atuando, fazer mais filmes e séries, mas conta que o que tem lhe deixado mais feliz é o reconhecimento que recebe pelo bom trabalho. E esses elogios são possíveis porque ele estuda muito e recebe bons conselhos nos bastidores.

"Todos me ajudam: a Grazi, o David Junior, o Romulo Estrela, o Anderson [Müller]. A gente brinca na sala de estar e é uma farra", diz o ator.

Apesar de ter muitas referências, como Tony Ramos, Antonio Fagundes, Caio Castro e Cauã Reymond, João Bravo afirma que ainda tem uma longa jornada até chegar ao patamar deles. "Quando eu crescer, quero seguir atuando, mas os conselhos dos mais velhos são para que eu seja completo. Para isso, preciso estudar canto, música e dança. Quero aprender tudo”, finaliza o jovem artista, cheio de sonhos para os próximos anos.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem