Televisão

Em 'Amor de Mãe', Nanda Costa será boa filha apaixonada por homem casado: 'Não é coisa de caráter'

Atriz fará par romântico com Murilo Benício na próxima novela das 21h

Érica (Nanda Costa) João Cotta/Globo

Rio de Janeiro

"Boa filha, boa irmã, boa amiga." É assim que a atriz Nanda Costa, 33, descreve sua personagem Érica na nova novela das 21h da Globo, “Amor de Mãe”, que irá substituir "A Dona do Pedaço" no próximo dia 25. Na trama, ela acabará se vendo num dilema após se apaixonar por um homem casado. 

"Mas eles não vão ser amantes não, vai ser tudo feito às claras, não vai ter nada de errado", afirma Nanda sobre o envolvimento de sua personagem com Raul, vivido por Murilo Benício, 47. "A paixão, sim, vai acontecer com ele ainda casado, mas aí não tem nada a ver com caráter, isso pode acontecer", pondera. 

Mais nova de quatro irmãos, Érica será a filha de Lurdes, interpretada por Regina Casé, 65. Ao comentar a parceria, Nanda não poupa elogios e descreve a veterana como “uma atriz genial”, que vai incorporar o tipo de mãe leoa, que abraça, acolhe e conversa. Características que remetem a sua avó e a sua mãe. 

“Minha mãe foi mãe aos 16 anos. Ela era superjovem, então, me criou com a ajuda dos meus avós, que foram superpresentes. E eu aprendi em casa que a coisa mais importante do mundo é o amor, e a religião da nossa família sempre foi o amor. Não adianta você ter uma religião, pregar uma coisa e na vida fazer outra."

A novidade nessa família da ficção fica por conta dos irmãos. Na novela, Érica terá três: Magno (Juliano Cazarré), Ryan (Thiago Martins) e Domênico (não informado). Esse último será vendido pelo pai ainda na primeira fase da novela, motivando a mudança de Lurdes e dos filhos do Rio Grande do Norte para o Rio de Janeiro. 

A família ainda contará com Camila (Jéssica Ellen), encontrada ainda bebê por Lurdes em seu caminho até a capital fluminense. "Esses vários irmãos são o mais legal para mim. Eu tenho só uma irmã e ela é dez anos mais nova. Poder dividir a responsabilidade é uma coisa muito boa. Por ser a irmã mais velha, minha mãe que falava ‘Fê, ajuda com a sua irmã’. Agora não! Tenho Magno, Ryan, vários outros irmãos para dividir e para espalhar esse amor." 

Fora do ninho, Érica será uma jovem determinada e talentosa. Cabeleireira e maquiadora, será contratada por Lídia (Malu Galli), uma mulher já em crise por conta das traições do marido, Raul. Será nesse emprego que ela viverá um dilema: apaixonada por Raul, mas determinada a não ceder a suas investidas enquanto ele estiver casado. Como se não bastasse, a jovem despertará a ira de Lídia e ainda a de Estela (Letícia Lima), piloto do jato de Raul e amante do empresário. 

COERÊNCIA COM QUEM SOU

Além de comemorar o sucesso profissional, emendando sua participação em “Segunda Chamada” (Globo) às gravações de "Amor de Mãe", Nanda também comemora o momento bom na vida pessoal ao lado da mulher, a percussionista Lan Lan, 51, e afirma estar “num momento mais livre e mais coerente com a pessoa que é." 

As duas assumiram o namoro em junho do ano passado, mas já estavam juntas desde 2014. Segundo Nanda, a opção por manter o romance tanto tempo em segredo foi para evitar a “interferência do país que a gente vive, por causa do preconceito, por causa do medo. A gente viveu esse amor só entre a gente, nossas famílias e entre os mais próximos.” 

“Aí chegou um momento em que decidimos nos casar, ficar juntas. Aí não fazia mais sentido esconder isso”, continua a atriz, que se casou com Lan Lan no civil, em junho deste ano. “O que tem nas redes sociais é verdade mesmo, a gente não é um casal fake e nem teria por que fazer isso." 

Nanda conta que foi por influência da mulher que começou a compor, o que ama fazer agora, embora diga não ter muito talento para cantar. "A gente brinca bastante de fazer música, mas cantar não é a minha. Não acho que sou uma atriz cantora, mas brinco de cantar", afirma ela. 

“Eu gosto é de compor, inclusive, tivemos uma música que concorreu ao Grammy Latino como melhor canção, que foi gravada por Maria Bethânia e foi a abertura da série ‘Entre Irmãs’”, comemora ela, se referindo à música “Aponte”.

MATERNIDADE SIM! 

Além de Regina Casé, "Amor de Mãe" tem mais duas protagonistas mostrando a maternidade de várias formas: Thelma (Adriana Esteves), uma mãe superprotetora que descobre sofrer de um aneurisma cerebral; e Vitória (Taís Araujo), uma mulher que dedicou a vida toda à carreira e, aos 42 anos, se torna obcecada em virar mãe. 

Para Nada Costa, a maternidade também é um sonho, e que não deve demorar muito para se concretizar. "Quero ser mãe, sim, mas um amor de cada vez. Agora estou vivendo esse amor de mãe enquanto filha, mas pretendo, sim, aumentar a família e ser mãe em breve, e viver esse amor do outro lado." 

A jornalista viajou a convite da Globo. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem