Televisão

Lucio Mauro Filho diz que atuar em novelas abre leque especial: 'Posso fazer vilão, doido e mocinho'

Ator pode ser visto em 'Bom Sucesso', A Grande Família e na Escolinha

O ator Lucio Mauro Filho

O ator Lucio Mauro Filho Marcus Leoni-19.abr.2017/Folhapress

Leonardo Volpato
São Paulo

Desde que A Grande Família começou, em 2001, que o ator Lucio Mauro Filho, 45, que na série viveu o garotão Tuco, não sabe o que é estar fora da TV. Daquele ano até 2014 ele permaneceu no seriado e, de cinco anos para cá, vem colecionando aparições em projetos na telinha.

Para ele, essa superexposição não é negativa, embora tenha cada vez menos tempo para folgas. “Agora eu estou na novela ‘Bom Sucesso’ [como Mario], na Escolinha do Professor Raimundo [como Aldemar Vigário] e na reprise às tardes da A Grande Família na Globo”, conta ele.

“Mas isso é comum. No começo de A Grande Família eu estava também no Zorra. Aí no Zorra eu fiz também Sexo Frágil [2003]. Agora mais recentemente eu era visto em Malhação [Roney, em 2017], Escolinha e no PopStar, que eu era julgado, ao vivo, todo domingo. Fiquei sem folga por três meses, de domingo a domingo trabalhando”, comenta.

Para Lucinho, como é chamado pelos colegas, a exposição só fortalece o sentimento dos fãs para com ele. Ele sente que fica mais próximo dos fãs ao estar sempre aparecendo. "Estou preparado . Mas agora está meio assustador porque A Grande Família está diária e percebi que ainda tem muita força. Estou em São Paulo com a temporada da minha peça [‘5 Vezes Comédia] e notei que eu estava mais famoso do que deveria. Fiquei encucado e quando parei para pensar lembrei que era por causa da série", diverte-se.

Lucinho foi crescendo assim como os seus papéis na TV. E os telespectadores foram acompanhando essa evolução. "Os fãs me viram começando com 20 anos de idade e hoje me enxergam um cara maduro de 45 anos com toda essa história. As pessoas acompanharam a minha vida porque não saí do ar. Eles me viram formar família, virar adulto, até chegar ao cúmulo de interpretar um avô em Malhação”, gargalha. “O público não enjoa, ele torce para eu ainda surpreender.”

Para ele, há um motivo que faz com que A Grande Família faça sucesso até os dias de hoje. “Vivemos no ambiente de mudanças do país da virada do milênio e fizemos as crônicas daquele momento. E nada parece ter mudado. As pessoas continuam se identificando. Realmente ultrapassou qualquer expectativa”, aponta ele, que também lembra que era a estreia do HD na Globo e, por isso, a imagem continua moderna na tela.

Agora, Lucio Mauro pode ser visto na pele do Mario, um editor, tradutor de livros e um homem leal e com senso de humor único em “Bom Sucesso”, trama das sete da Globo. Romântico incurável, o personagem se considera um poeta boêmio. Eterno apaixonado por Nana (Fabiula Nascimento), com quem se relacionou há alguns anos, não perde a chance de fazer uma declaração de amor para sua musa inspiradora na esperança de reconquistá-la.

“Minha crush é a Fabiula Nascimento com quem eu faço há três anos a peça ‘5 Vezes Comédia’. Já existe uma química estabelecida e isso faz toda a diferença. É um personagem muito identificável comigo, é um poeta sarcástico, que tem humor totalmente dele. Ao mesmo tempo é difícil, pois ele vive no limite do chato”, explica o ator.

Segundo Lucinho, este é um dos melhores momentos de sua carreira, já que ele sempre fez série e agora tem emplacado papéis em novelas. “O mundo das novelas abre um leque especial para mim, porque sou veterano e novo nesse [mundo de novela] ao mesmo tempo. O feedback do público é legal, tem muita gente que queria me ver assim. Posso fazer vilão, doido, mocinho. Tenho uma possibilidade infinita de personagens. As pessoas ainda estão curiosas em me ver, pois, no mundo das novelas, sou novidade."

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias