Televisão

Celso Portiolli conta que foi vaiado ao substituir Angélica no Passa ou Repassa

Apresentador comemora 25 anos de SBT

Danilo Gentili conversa com Celso Portiolli
Danilo Gentili conversa com Celso Portiolli - Gabriel Cardoso/SBT
São Paulo

Comemorando 25 anos de SBT, Celso Portiolli, 52, lembrou da primeira oportunidade que teve de apresentar um programa no SBT: o Passa ou Repassa, em 1996, quando Angélica foi para a Globo. "A Angélica estava chorando no palco, e eu chorando de alegria, ‘vai embora’”, disse o apresentador, em tom de brincadeira.

Ele também comentou que, inicialmente, o público não recebeu bem a troca de comando na atração, que naquela época promovia uma disputa entre estudantes de duas escolas. “Quando pisei no palco, 250 alunos me vaiaram. Eu queria morrer. Estava saindo a Angélica e entrando um Zé Ninguém”, revelou.

As declarações foram dadas em entrevista a Danilo Gentili no The Noite (SBT), que vai ao ar na noite desta quinta-feira (18). 

Portiolli contou ainda como surgiu a oportunidade de assumir o Domingo Legal, programa no qual está à frente há dez anos. Segundo ele, na ocasião, surgiram rumores de que o Gugu, então apresentador da atração, deixaria o SBT.  "O contrato dele estava vencendo, e o meu também. Silvio [Santos] me chamou e disse: ‘eu tenho 3 apresentadores para o Domingo Legal. Você é um deles, quer apresentar?’”. 

Ao receber o convite, ele diz ter pedido para ficar apenas até o final de seu contrato, pois acreditava que o patrão tiraria a atração do ar. “Ele falou: 'Faz, se der errado, te dou um outro programa no domingo. Se der errado de novo a gente conversa’", disse.

Popular também na internet –o apresentador tem um canal no YouTube com 4,7 milhões de inscritos, em que compartilha vídeos infantis –Portiolli falou sobre os desafios do universo virtual. “Às vezes é decepcionante, porque você grava achando que um vídeo vai bombar e não dá muitas visualizações... Me divirto fazendo e é uma forma dos meus filhos se interessarem pelo que eu faço”.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias