Televisão

'O Tempo Não Para' tem classificação indicativa elevada por causa de violência e drogas lícitas

Governo determina que novela seja recomendada a maiores de 12 anos

Marocas  (Juliana Paiva) e Samuca (Nicolas Prattes) são os protagonistas de "O Tempo Não Para", da Globo
Marocas (Juliana Paiva) e Samuca (Nicolas Prattes) são os protagonistas de "O Tempo Não Para", da Globo - Divulgação

São Paulo

O Ministério da Justiça decidiu reclassificar a novela 'O Tempo Não Para', exibida às 19h na Globo, como não recomendada para menores de 12 anos. Até então, a emissora tinha autoclassificado a trama para maiores de 10.

O governo poderia aprovar ou não essa indicação, mas argumentou que a novela apresenta violência, linguagem imprópria e drogas lícitas (cigarros e bebidas alcoólicas). A decisão foi publicada nesta terça (2), no "Diário Oficial" da União. 

Escrita por Mario Teixeira,  "O Tempo Não Para"  mostra as confusões da família Sabino Machado, que foi congelada após um navio bater em um iceberg, em 1886,  e acorda nos dias atuais.  

No final de agosto, a novela 'Jesus', da Record, também teve a sua classificação etária elevada para maiores de 12 anos. O Ministério da Justiça constatou-se na trama bíblica "tendências como apelo sexual, consumo de droga lícita, presença de arma com violência, morte intencional, ato violento, pena de morte, presença de sangue e crueldade."

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem