Televisão

Canal Bis estreia show dos Rolling Stones e documentário do Queen para o Dia do Rock

A série de TV 'Austin City Limits' lembra apresentações de festivais

Mick Jagger (à esq.) e o guitarista Keith Richards no show "Sticky Fingers - Live at the Fonda Theatre", gravado em Los Angeles, em 2015
Mick Jagger (à esq.) e o guitarista Keith Richards no show "Sticky Fingers - Live at the Fonda Theatre", gravado em Los Angeles, em 2015 - Jane Bouquet-20.mai.2015/AP

Descrição de chapéu Agora
Fabiana Schiavon
São Paulo

Sexta-feira, dia 13 de julho, é o Dia Mundial do Rock, e o Canal Bis aproveita a data para exibir shows e documentários inéditos que tenham ligação com o tema.

A série de TV "Austin City Limits", que lembra apresentações de festivais que ocorreram nas cidades de Austin (Estados Unidos), Sidney (Austrália) e Auckland (Nova Zelândia), retoma uma apresentação do Radiohead, às 10h30, do álbum "The King of Limbs" (2011).

A mesma série exibe o show "Sonic Highways" (2014), do Foo Fighters, às 12h30. No meio dos dois programas, o som fica mais pesado às 11h30, com apresentação que o Metallica fez na França, na turnê do disco "Death Magnetic", de 2009.

Às 18h, o canal abre espaço para o Black Sabbath, em um show realizado na Inglaterra. O lendário guitarrista Jimi Hendrix é lembrado às 17h, com "Jimi Hendrix: Live at Woodstock" (1969).

Beatles e Rolling Stones são bandas obrigatórias. O beatle Paul McCartney representa o quarteto inglês com "Good Evening New York City", de 2009, às 19h. Já os Rolling Stones são lembrados às 21h30 com o inédito "Sticky Fingers - Live at the Fonda Theatre".

Também inédito, "Live in London", do U2, acontece no Abbey Road Studios, às 23h. Dois documentários estão em destaque. O novo "Queen: Days of Our Lives" (2011) e "No Direction Home: Bob Dylan" (2005).

Ex-jogador Junior fala de carreira musical

O músico e apresentador Charles Gavin estreia a 12ª temporada do programa "O Som do Vinil", no Canal Brasil, na sexta-feira, às 21h30. No primeiro episódio, o ex-Titã entrevista o ex-jogador Junior, que fala sobre a sua carreira musical.

Em 1982, ano da Copa do Mundo da Espanha, Junior gravou um compacto simples que se tornou um hino para a seleção brasileira. Ao voltar da competição, lançou o seu primeiro LP de sambas. Reprises aos sábados, às 17h30, e segundas, às 13h.

O músico Charles Gavin
O músico Charles Gavin - Juliana Torres/Divulgação
Agora
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem