Televisão

Record aposta tudo em nova temporada do Power Couple, com casa luxuosa e Gugu no comando

Capricho foi arma da emissora para seduzir até o apresentador, que estava relutante

Gugu e o diretor de Power Couple, Rodrigo Carelli
Gugu e o diretor de Power Couple, Rodrigo Carelli - Fábio Guinalz/Fotoarena/Folhapress
Anahi Martinho
São Paulo

Aos 45 anos de carreira, Gugu Liberato ainda tem onde inovar. Desta vez, o apresentador vai atacar de comandante de reality show na Record, onde acaba de renovar contrato após uma longa negociação.

A nova missão da emissora para Gugu é a terceira temporada do Power Couple Brasil, reality que ganhou "grandiosidade" e ares de Big Brother -- três ex-BBBs integram o elenco.

A partir desta terça (24), onze casais formados por pelo menos uma celebridade (ou sub) ficarão confinados em uma mansão, onde participarão de jogos e disputas. A cada semana, um casal é eliminado. O casal vencedor pode acumular R$ 1 milhão em prêmios.

Na nova temporada, algumas novidades foram incrementadas para "dar emoção" ao programa, como aponta o diretor Rodrigo Carelli, responsável também por "A Fazenda". O programa passa a ir ao ar de segunda a sexta, em vez de duas vezes por semana como nas outras temporadas.

Às terças-feiras, dia da eliminação, o programa será ao vivo. Gugu vai comandar o jogo direto do estúdio, com plateia. "É maior do que o estúdio onde eu fazia meu programa antes", comemora o apresentador, que confessa que relutou em aceitar a proposta, mas foi seduzido pelo capricho do produto.

 

"A princípio eu resisti sobre apresentar um reality show, mas me surpreendi ao conhecer a estrutura dessa casa e ver a grandiosidade do programa", admitiu, em apresentação do Power Couple à imprensa, na semana passada. "Não é um reality show, é O reality show".

Além da "grandiosidade", a maior exigência de Gugu foi espaço na agenda para conseguir viajar aos Estados Unidos todo mês, onde moram seus filhos. "Esse foi um dos grandes problemas, a gente bateu cabeça por isso. Eu não abro mão de estar todos os meses com minha família".

SUÍTE OU PERRENGUE

A casa, de fato, está puro luxo: são oito quartos temáticos decorados cada um com referências de um lugar do mundo (Egito, Tailândia, Suécia, Nova York etc). E para garantir os arranca-rabos, principal chamariz de audiência desse tipo de formato, a emissora aposta na "desigualdade social" entre os casais: os quartos diferem em termos de acomodação.

O casal mais bem colocado nas provas da semana poderá desfrutar de uma suíte luxuosa, com banheira de hidromassagem, janela com vista e instalações mais confortáveis. Os menos favorecidos podem alcançar quartos bonitos, mas sem banheiro individual. Já os mais azarados terão que se revezar entre o "quarto perrengue", um cubículo instalado no quintal, uma barraca de camping e o sofá da sala. É nesse desequilíbrio que a emissora aposta que as faíscas se acendam. "Inclusive intra-casais", aponta Carelli.

Se muito do programa bebe na fonte de formatos consagrados como A Fazenda e Big Brother, alguns detalhes ainda diferem: as provas, por exemplo, não serão ao vivo. Isso porque são realizadas em rodadas individuais, o que as torna muito longas. As disputas, comandadas por Gugu, serão feitas às segundas-feiras e exibidas na edição do programa, às 22h45.

Ainda no que difere de outros formatos, programa não terá transmissão de pay-per-view nem cobertura ao vivo no site da emissora. Para o site, outro conteúdo exclusivo será preparado, com apresentação de Junno Andrade.

Já a votação do público foi uma concessão que a Record conseguiu da Dori Media, dona do formato. "Em nenhum lugar do mundo o público vota no Power Couple, só aqui no Brasil", aponta Carelli.

Para Gugu, o desafio maior está sendo obedecer às regras do produto. "Nos meus antigos programas, eu participava das fases de produção, edição. Nesse, eu só apresento", explica. "Minha maior dificuldade está sendo entender as regras, que não são poucas. É uma coisa absolutamente diferente de tudo que eu já tinha feito até hoje", confessa ele.

'NEM ASSISTI'

Gugu revela que nem chegou a assistir seu antecessor no programa, Roberto Justus. "Não tenho que me comparar, vou fazer do meu jeito. Quando me convidaram, queriam que eu fosse eu mesmo", explica. "Me deram os programas antigos para eu assistir e no fim acabei não assistindo, porque não quero me  influenciar. Não quero fazer nada que não seja eu mesmo".

Para o segundo semestre, ele prepara um novo produto, e já descarta substituir Justus na apresentação de A Fazenda. "Não vai ser reality. Mas ainda não podemos contar o que é", faz mistério.

DINÂMICA

Confira como será a dinâmica do Power Couple:

Segunda-feira: Prova dos casais e definição de quais duplas vão para a DR

Terça-feira: Programa ao vivo e de eliminação, com plateia. Três casais vão para a DR. Um deles será salvo pelos outros participantes. Apenas dois casais vão disputar a preferência do público, que votará no casal preferido para permanecer no jogo.

Quarta-feira: Repercussão da eliminação do casal

Quinta-feira: sala de apostas e prova dos homens ou das mulheres

Sexta-feira: sala de apostas e prova dos homens ou das mulheres

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias