Publicidade

Cris Vianna não sabia que seu papel seria de Viviane Araújo

07/08/2014 - 15h00

Publicidade

LOUISE SOARES
COLABORAÇÃO PARA O "F5", DO RIO

Em "Império", Cris Vianna será uma passista que troca a vida de plumas e paetês por um grande amor.

O papel parece feito sob medida para a atriz, que, na vida real, é rainha de bateria da escola de samba Imperatriz Leopoldinese, do Rio de Janeiro. Entretanto, originalmente, a personagem Juju Popular havia sido planejada para Viviane Araújo, que também é rainha de bateria e acabou remanejada para outra personagem da novela de Aguinaldo Silva.

"A direção da novela não me passou isso, que esse personagem não era meu. Isso eu fui saber depois de já estar tudo certo. Fiquei até um pouco triste porque parece que é de outra forma, mas eu entendo que tem que ter barulho", comentou a atriz.

Com experiência na avenida, Cris nem precisou fazer laboratório para a personagem. Na novela, sua Juliane deixa o samba de lado para investir no relacionamento com o pintor Orville Neto (Paulo Rocha).

"A Juliane tem muita personalidade, é uma mulher corajosa. Talvez eu seja mais cautelosa que ela. Mas sobre correr atrás de um amor sem receio do que vão falar, somos parecidas", comparou.

A vida do casal vira do avesso quando Orville é preso por falsificação de obras de arte e ainda troca Juliane por sua advogada de defesa, a dra. Carmen (Ana Carolina Dias). Para dar a volta por cima, Juliane vai contar com a ajuda de Xana Summer (Ailton Graça), que a tem como musa.

"É uma turbulência enorme dentro de uma relação. É uma mulher muito peculiar", resume.

  • Últimas notícias 
  •  

Publicidade

Publicidade

gostou? leia também

  •  

Publicidade

Siga agora o F5 no Twitter

Livraria da Folha