Televisão

'Sou dono do meu negócio, não posso ser demitido', diz Roberto Justus, que volta com 'Aprendiz'

Roberto Justus, 58, vai voltar a demitir pessoas na televisão.

A partir da próxima terça-feira (22), o apresentador estreia no comando da primeira temporada de "Aprendiz Celebridades", na Record.

'Homem tem autorização social para ser bobo', afirma Dani Calabresa
Com 'Em Família', Globo perde um em cada quatro telespectadores
Filhos de famosos, Bruno Fagundes e Gabriel Sater comentam estreia

Dessa vez, o reality trocou os candidatos do mundo empresarial ou universitários por famosos da TV, moda, esporte, música e da sociedade.

"Nunca pensei em ser demitido, porque, no meu negócio, eu não posso ser demitido, sou o dono", dispara o empresário.

Ele, porém, afirma que se não fosse o cabeça do programa, toparia participar da atração.

"Todos os meus aprendizes, que não foram poucos, falam que mais que uma faculdade, mais do que um MBA ou uma pós-graduação, essa foi a maior experiência da vida deles. Eles aprenderam mais em três meses de programa do que em anos de estudo", exagera.


COBRANÇA

As atrizes Andréa Nóbrega, Alexia Dechamps e Mônica Carvalho, o ex-corredor Raul Boesel, o músico Amon Lima, a apresentadora Maria Cândida, a socialite Beth Szafir, a ex-jogadora de vôlei Ana Moser, a ex-miss Brasl Priscila Machado, os atores Pedro Necerssian e Nico Puig, o apresentador Cristiano Cochrane, o DJ Kid Vinil e a modelo Michele Birkheuer vão enfrentar provas, que segundo Roberto Justus, seguirão alto nível de cobrança.

"Eu venho como sempre. Meu papel é ter essa acidez, essa agressividade, em relação à exigência e não permitir erros. Além de avaliar a conduta deles", completa ele, que dividirá com o público o poder de despachar os candidatos.

"Sempre espero me surpreender positivamente com cada um deles. Estou muito curioso para saber como eles vão reagir, eles vão ser tratados com dureza. Eles não estão imaginando como vai ser", diverte-se.

Dessa vez, o prêmio do programa não dará direito a trabalho, mas Justus não descarta contratar algum dos famosos na vida real.

"O 'Aprendiz' foi um laboratório para encontrar pessoas. Tenho dez ex-participantes trabalhando no meu grupo. Se algum deles se mostrar competente, por que não?"


Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias