Comic Con

CCXP: HBO Max apresenta novidades de 'Harry Potter' e 'Game of Thrones'

Angélica marcou presença como apresentadora e fez até cosplay

John Cena interpreta herói de Peacemaker
John Cena interpreta herói de Peacemaker - Montagem
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A apresentadora Angélica fez cosplay da personagem Arlequina para revelar, ao lado de Andressa Delgado, as novidades da plataforma HBO Max, na CCXP Worlds 21, neste sábado (4). O destaque do painel foi "Peacemaker", série spin-off de "Esquadrão Suicida".

O ator John Cena, que interpreta o herói, apareceu em vídeo para dizer que está animado com o lançamento da série e que se divertiu muito filmando. "Espero que as pessoas curtam. Eu acho que muitos momentos vão virar conversas depois de cada episódio", disse Cena.

A primeira parte do painel foi dedicada às séries da DC, como "Doom Patrol", que estreia a quarta temporada em 2022. Também foi mostrado um trecho exclusivo de "Superman e Lois".

Em uma segunda parte, Angélica voltou a fazer cosplay, mas vestida de Daenerys, de série "Games of Thrones", encerrada em 2019, para anunciar seu spin-off: "House of The Dragon", que deverá mostrar 300 anos antes da história da produção original.

A HBO Max mostrou um vídeo com o elenco da série teen "Euphoria" para anunciar a segunda temporada. Também foi apresentado um vídeo rápido das produções brasileiras, como "Greg News", "The Cut", "Sandy +Chef", "The Bridge Brasil", "Queen Stars", "Turma da Mônica", entre outros.

O desenho animado brasileiro "Irmão do Jorel" recebeu um destaque exclusivo para anunciar novas temporadas. Quem acompanhava a CCXP World 2021 pôde ver um episódio inédito de 3 minutos.

Os 20 anos de "Harry Potter" não ficaram de fora do painel da HBO. A plataforma anunciou o especial "Retorno a Hogwarts", para 1º de janeiro de 2022, com quase todo o elenco original dos filmes.

Angélica também não perdeu a oportunidade de divulgar o próprio programa "Jornada Astral", que estreia dia 21 de dezembro. Ela apareceu segundo um arco e flecha para lembrar seu signo, sagitário.

Considerada um dos grandes eventos de cultura pop no Brasil, a CCXP terá neste ano 60 horas de conteúdo disponível pela plataforma do evento neste sábado e no domingo (5). Em 2020, o evento chegou a ter 150 horas de conteúdo, mas agora estará com um nível mais elevado, segundo Roberto Fabri, CCO da Omelete Company, empresa organizadora e idealizadora da CCXP.

Com isso, a organização espera ter um aumento de aproximadamente 20% no número de acessos na comparação com 2020. Na ocasião, 3,5 milhões de pessoas participaram do festival, com um alcance em 139 países e cerca de 30 milhões de visualizações. "A gente diminuiu o volume de conteúdo para priorizar a qualidade", afirmou Fabri. "Realmente o filé do filé".

Neste ano, é possível assistir gratuitamente à programação. Entretanto, há a opção de comprar ingressos por R$ 50, que permitem uma experiência ampliada. As principais empresas da indústria audiovisual, como Warner, Sony, Paramount, Netflix, HBO Max e Amazon Prime, confirmaram participação e devem promover lançamentos.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem