Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Música

Sertanejo Chrystian lança música solo após 40 anos da dupla com Ralf

Cantor fará turnê em dezembro e lançou plataforma para parcerias

Chrystian Fábio Nunes/Divulgação

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O cantor Chrystian se prepara para lançar a primeira música de sua carreira solo após o fim da dupla sertaneja que teve por mais de 40 anos com seu irmão Ralf. O lançamento de "Não Dá Pra Ficar Assim" está previsto para o próximo dia 10 nas principais plataformas de streaming musical.

"É uma música bem romântica. É mais para um pop romântico", comenta Chrystian, que diz ter composto a canção durante a pandemia da Covid-19. Nesse período, em maio do ano passado, o artista sofreu um acidente doméstico e fraturou cinco costelas após passar mal e cair de uma escada. "Eu estava de molho em casa. Aí fiz um monte de coisa. Tem algumas [músicas] semi prontas, que quero terminar."

Antes do lançamento oficial, Chrystian já tocará a nova música durante turnê, batizada de "Romance", que teve início nesta quinta-feira (2) em Uberlândia (MG). Também estão previstos shows até 15 de dezembro em Goiânia (GO) e na cidade de São Paulo.

Serão as primeiras apresentações do sertanejo desde o início da pandemia. "Eu vou matar minha saudade. Eu canto desde os 7 anos. Imagina a falta que me fez esses dois anos parado sem fazer show nenhum, em casa. Juntou a saudade do palco, a saudade de ouvir as pessoas cantando minhas músicas. Dá uma ansiedade e o nervosismo de estreia, mesmo."

Além da nova música solo, Chrystian também cantará nos shows algumas músicas que fizeram sucesso na dupla com Ralf, como "Saudade", "Chora Peito" e "Nova York", bem como obras de outros artistas.

Por outro lado, o artista admite que a distância dos palcos nesse período também trouxe coisas boas. "Fiquei em casa com a minha família, convivendo com eles como nunca tinha convivido antes. Tinha coisas da minha família que eu nem sabia direito como é que eram. Você viaja demais, fica para lá e para cá cuidando das coisas profissionais. Tem coisa que passa batido, principalmente na criação dos filhos."

Em relação a novas músicas, a previsão é de que mais uma seja lançada em janeiro do ano que vem. Além de músicas próprias, ele também contará com parceria de compositores desconhecidos. "Eu criei um site e estou recebendo muitas músicas de vários compositores do Brasil inteiro. Não tem intermediário nem nada. O cara manda direto para mim. Das músicas que me mandaram, eu já escolhi pelo menos uma meia dúzia."

Também estão previstas parcerias com outros cantores sertanejos da velha guarda, como Paraná (que fazia dupla com Chico Rey, morto em 2016) e Milionário (da dupla com José Rico, que morreu em 2015).

DUPLA COM RALF

No mês passado, a dupla Chrystian e Ralf anunciou seu fim após cerca de quatro décadas. Questionado sobre os motivos que levaram à separação, Chrystian negou a existência de brigas com o irmão.

"Da outra vez que a gente separou, nós brigamos. Foi quebra-pau, mesmo. Desta vez foi opção profissional. Não tem nada de briga de irmãos, nem nada. Está tudo certo", justificou.

A primeira separação da dupla foi em 1999 e os artistas ficaram afastados por cerca de dois anos. Nesse período, Chrystian também chegou a fazer trabalho solo, inclusive com o lançamento de um disco.

Indagado sobre a chance de uma volta da dupla, Chrystian admitiu a possibilidade, mas afirmou que, se isso ocorrer, não será tão breve. Isso porque ele assinou um contrato de cinco anos com uma agência. "Então, por pelo menos por cinco anos, vou ficar solo", garante.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem